Prefeitura de São Lourenço do Sul não orienta retorno às casas alagadas mesmo com recuo da Lagoa dos Patos

Prefeitura de São Lourenço do Sul não orienta retorno às casas alagadas mesmo com recuo da Lagoa dos Patos

Segundo dados divulgados pela Prefeitura a Lagoa recou 51 centímetros entre 5h e 19h

Angélica Silveira

Apesar do recuo, a Lagoa dos Patos ainda é motivo de alerta em São Lourenço do Sul

publicidade

A Lagoa dos Patos recuou consideravelmente nesta sexta-feira. No início da manhã, às 5h, marcou 2,61m. Mais tarde, às 19h, estava em 2,10m. Ou seja, 51 centímetros de recuo em um dia. Com isto, as pessoas que estão fora de suas casas já pensam em voltar, mas a Prefeitura pede cautela, pelo menos neste final de semana.

Em uma transmissão pela internet, o prefeito Rudinei Harter lembrou que as pessoas devem ter atenção também com o nível dos arroios Caraha e São Lourenço, principalmente por causa do grande volume de chuva na cidade. “O alerta para quem mora próximos a esses arroios permanece, pois, as águas estão subindo e mantemos nossas equipes a disposição para socorrer essas pessoas em casos de necessidade”, observou

Sobre a Lagoa, Harter disse que esta redução não quer dizer que ela não possa voltar a subir neste sábado. “Para que no decorrer da semana possamos nos organizar, preparar nossas casas para o retorno vamos ter cautela”, solicitou. Ele falou que a intenção, se tudo seguir como está ocorrendo, na próxima semana colocar bombas de sucção em lugares onde a água permanecer na rua “A retirada de areia também terá que ser feita organizadamente”, disse.

O prefeito relatou que aqueles que quiserem fazer a limpeza de suas casas podem ir fazendo, mas nas calçadas ainda será necessário fazer o levantamento fotográfico. O mesmo procedimento deve ser feito em relação a bueiros, canos quebrados e ruas que destruiu o calçamento. “Tudo tem que ser organizado tecnicamente para que possamos buscar recursos para reconstruir o São Lourenço. Peço que tenham cautela e organização no retorno para casa para que tenhamos um resultado positivo lá no final, ou seja, reconstruir a orla da praia e também manter a população assistida e bem encaminhada junto as suas famílias”, finaliza.

São José do Norte

Em São José do Norte, a balsa que faz a travessia de veículos do município com Rio Grande deixou de operar, ainda na manhã desta sexta-feira em função do vento na Lagoa do Patos. A viagem, que tem duração aproximada de 30 minutos, deverá voltar neste sábado, caso as condições do tempo melhorem.


Mais Lidas

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895