São José do Norte segue na expectativa para a retomada da travessia de lancha para Rio Grande

São José do Norte segue na expectativa para a retomada da travessia de lancha para Rio Grande

O serviço está suspenso há mais de uma semana devido a cheia da Lagoa dos Patos

Angélica Silveira

A passarela foi construída para melhorar o acesso dos passageiros a lancha que faz a travessia com Rio Grande

publicidade

No final de semana a Prefeitura de São José do Norte construiu uma passarela, junto ao píer público até a rua Bento Gonçalves para que os passageiros pudessem chegar até a lancha que faz a travessia com Rio Grande pela Lagoa dos Patos. O serviço está suspenso há cerca de duas semanas, devido a dificuldades nos pontos de atracação devido as cheias da Laguna.

A Prefeitura de São José do Norte informou que o retorno da travessia está previsto para esta quarta-feira, quando será concluída a estrutura de acesso a atracação em Rio Grande. A obra está sendo concluída pela EBR, mas ainda não foi finalizada. Enquanto isto, as pessoas tem a opção de realizar a travessia na balsa, a pé, ao custo de R$5.

Algumas ruas permanecem alagadas na cidade devido a cheia da Lagoa. No final da manhã, o vento era nordeste há 36 km/h. Em São José do Norte 65 pessoas estão nos dois abrigos do município, instalados no Ginásio Mario Malta e na Escola João de Deus Collares. Neste último também estão 40 animais (28 cachorros e 12 gatos). As aulas na rede municipal de ensino seguem suspensas por tempo indeterminado

Rio Grande

Na cidade vizinha de Rio Grande, pela última medição, no início da tarde desta segunda-feira, a Lagoa dos Patos estava 25 centímetros acima do Cais, com 2,15m. O vento está no sentido Leste/Nordeste, com rajadas de 54 km/h. O número de pessoas que seguem nos nove abrigos da cidade totaliza 580 e dezenas de ruas seguem alagadas.

A ilha dos marinheiros segue isolada e a Marinha realização uma ação em parceria do Secretaria Municipal de Saúde levou atendimento de médicos e enfermeiros aos moradores que permanecem isolados no local.

São Lourenço do Sul

Em São Lourenço do Sul a Lagoa dos Patos segue subindo. Várias ruas não muito próximas a orla também estão alagadas. Na cidade há 86 pessoas nos quatro abrigos da cidade localizados no Centro de Convivência Conviver, na Comunidade Medianeira, no Salão Três de Maio e na Comunidade Nossa Senhora de Fátima. A Lagoa cresceu 20 centímetros em 24 horas, chegando à marca de 2,80, às 15h.


Mais Lidas

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895