3ª Travessia Trinacional da Costa Uruguaia do Rio Quaraí acontece neste domingo
capa

3ª Travessia Trinacional da Costa Uruguaia do Rio Quaraí acontece neste domingo

Canoístas de três nacionalidades estarão presentes

Por
Fred Marcovici

Participarão do evento 45 canoístas

publicidade

Rios e remos serão atrações neste domingo quando acontece a partir das 9h, a 3ª Travessia Trinacional da Costa Uruguaia do Rio Quaraí. Segundo a organização, participarão do evento 45 canoístas, sendo 25 do Brasil, 10 do Uruguai e 10 da Argentina, que remarão pelo rio até a histórica Ponte de Ferro, distante 5 quilômetros da largada, em Barra do Quaraí.

Em solo brasileiro, serão recepcionados por autoridades locais e na sequência retornarão às águas com destino a Ilha Brasileira, onde haverá almoço e confraternização. No percurso, os competidores cruzarão o marco zero, que é o encontro das águas dos rios Quaraí e Uruguai, atracando no Porto do Seu Zeca, em frente de onde desemboca o rio Miriñay (Argentina).

De acordo com Lay Lacerda, da Associação Amigos do Rio de Canoagem (AARC), a Ilha Brasileira integra o projeto do Movimento Transfronteiriço de ONGs, conhecido como Corredor Biológico Trinacional, que busca conscientizar os governos dos três países para a proteção das áreas de preservação trinacional como o Parque do Espinilho, no Brasil, o Parque Rincón de Franquia, no Uruguai, e a desembocadura do Rio Miriñay, na Argentina. Após o almoço, os canoístas retornam ao rio até solo argentino e, posteriormente, até o Parque Rivera, já na cidade uruguaia de Bella Unión, às margens do rio Uruguai, frente a Monte Caseros (AR). Assim, por meio da prática esportiva, lazer, conhecimento geográfico e amor à natureza, os participantes navegarão pelos rios trinacionais e pisarão em solo dos três países da tríplice fronteira durante o conjunto do evento.

Entre os objetivos, destacam-se fazer conhecer a geografia da área mais ao Sul do Brasil e promover a consciência a todos da importância do Corredor Biológico Trinacional. O evento tem a organização do Club Náutico de Bella Unión, ONG Atelier Saladero e Associação Amigos do Rio de Canoagem.