Aparelho de raio x entra em funcionamento após 30 meses encaixotado
capa

Aparelho de raio x entra em funcionamento após 30 meses encaixotado

O equipamento está instalado na UPA Zilda Arns e entrou em operação na quarta-feira

Por
Fred Marcovici

O aparelho pode realizar 2 mil exames por mês

publicidade

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Zilda Arns, em Uruguaiana, inaugurada em setembro de 2017, passou a realizar exames de imagem nesta quarta-feira (2). Segundo a secretária de Saúde Thaís Aramburu, o equipamento de raio X digital, orçado em R$ 540 mil, repassados pelo Ministério da Saúde, sofreu atraso para entrar em operação devido a questões administrativas, que levaram cerca de 30 meses para ser cumpridas. Desde 2015, o aparelho estava encaixotado aguardando pela inauguração da UPA e ajustes com a empresa fabricante.

O aparelho pode realizar 2 mil exames radiológicos por mês, que permitirão identificar fraturas ósseas, tecidos pulmonares, dimensões cardíacas, alças intestinais entre outras especificações. O laudo será elaborado por equipe médica terceirizada contratada, que receberá as imagens online e emitirá o resultado pelo mesmo procedimento. A secretária pretende que o sistema seja integrado ao Pronto Socorro da Santa Casa de Caridade e a todas as Unidades Básicas de Saúde do município. O objetivo é dar agilidade na resolução dos possíveis problemas diagnosticados. Na última semana, técnicos e profissionais da UPA passaram por treinamento habilitando a equipe para a utilização correta do raio X.