Bagé inicia colocação de ecobarreiras em arroios da cidade

Bagé inicia colocação de ecobarreiras em arroios da cidade

Estruturas são produzidas com bombonas plásticas e rede

Correio do Povo

Atividade integra o projeto de desassoreamento dos arroios do município

publicidade

O Departamento de Água, Arroios e Esgoto de Bagé (Daeb) deu início, nesta quinta-feira, a instalação de ecobarreiras no arroio da Tábua, na região da ponte da rua Ernesto Médici. Objetivo da iniciativa é conter o lixo flutuante lançado ou despejado no local. Estruturas são produzidas com bombonas plásticas e rede e estão sendo instaladas nas calhas dos corpos d'água para retenção dos resíduos.

A atividade integra o projeto de desassoreamento dos arroios do município, que está sendo realizado desde março pela prefeitura. Entre os locais contemplados pela ação de limpeza estão o arroio da Tábua, nas pontes da Ernesto Médici, Presidente Vargas e São Carlos, e o arroio Bagé, na conhecida região da Panela do Candal. Vários materiais foram retirados neste período, entre eles garrafas PET, pneus e resto de móveis.

A ponte da Ernesto Médici é o primeiro ponto a receber as ecobarreiras. O próximo local a ter a contenção implantada será a ponte do Passo do Onze, no arroio Bagé, mas ainda sem data definida. No local há elevado depósito de lixo, o que acaba causando alagamentos e enchentes. Os resíduos retidos nas ecobarreiras serão coletados periodicamente e serão destinados ao Aterro Sanitário de Bagé.

Veja Também


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895