Caxias registra aumento de 56% de mortes no trânsito

Caxias registra aumento de 56% de mortes no trânsito

De janeiro e junho deste ano, 34 pessoas perderam a vida

Celso Sgorla

Prefeitura de Caxias do Sul informa que aumentou a fiscalização de trânsito nas rodovias estaduais e vias do município

publicidade

Caxias do Sul registrou uma elevação de 56% no número de mortes no trânsito no primeiro semestre de 2019 em relação ao mesmo período de 2018. Conforme o gerente de Educação para o Trânsito de Caxias do Sul, Joelson Queiroz, entre os meses de janeiro e junho deste ano, 34 pessoas perderam a vida. No mesmo período de 2018, quinze pessoas morreram em função de acidentes e imprudência no trânsito. Somente no primeiro trimestre de 2019 foram 21 mortes.

O gerente de trânsito explica que os números compreendem os acidentes fatais registrados em avenidas e ruas da cidade, além dos trechos da BR 116, RSC 453 e ERS 122 que cortam o município. Queiroz acredita que essa elevação nas mortes se deve em parte ao afrouxamento de normas de trânsito. “Existe uma sensação de impunidade por parte de condutores”, afirma.

Para tentar conter o aumento dos acidentes fatais, a fiscalização de Trânsito segue realizando diariamente blitz nas perimetrais e vias onde os motoristas costumam exercer uma maior velocidade. 

Além disso, a Secretaria de Trânsito, Transporte e Mobilidade segue desenvolvendo trabalho de conscientização em escolas, empresas e Centros de Formação de Condutores de Caxias do Sul. A intenção, segundo Queiroz, é de que as pessoas alcançadas sejam multiplicadores na divulgação das regras de trânsito. Na série histórica, desde 2007, o ano de 2009 é o mais violento, com 36 vítimas.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895