Escola reestrutura planejamento pedagógico para atender alunos surdos em Bento Gonçalves

Escola reestrutura planejamento pedagógico para atender alunos surdos em Bento Gonçalves

Estão sendo beneficiados estudantes dos segundo e quinto anos do Ensino Fundamental

Celso Sgorla

Foi realizado estudos para confecção e trocas de materiais para serem utilizados com os alunos surdos

publicidade

O Núcleo de Inclusão e Diversidade (NID), de Bento Gonçalves, está auxiliando na reestruturação pedagógica, da turma de alunos surdos, na Escola Municipal ensino fundamental Especial (Emefe) Caminhos do Aprender, neste período de pandemia. O NID, em parceria com as professoras das Salas de Recursos Multifuncionais, realizou estudos para confecção e trocas de materiais para serem utilizados com os alunos surdos.

Com o objetivo de facilitar a aprendizagem, a diretora Cláudia Pimentel e a professora Amanda Albernaz estão recebendo, uma vez por semana, os alunos da turma de surdos para entrega e orientação das atividades que serão realizadas juntamente às suas famílias. “Com essa atitude, queremos enriquecer a continuidade do processo inclusivo e de aprendizagem destes alunos”, salientou a secretária Municipal de Educação, Adriane Zorzi. 

Estão sendo beneficiados alunos surdos dos segundos e quintos anos do Ensino Fundamental, atendidos pela professora Amanda Albernaz. “Estamos realizando a adaptação curricular necessária às necessidades individuais de cada aluno, utilizando jogos e materiais diversos, confeccionados aqui na escola. Assim serão minimizadas as dificuldades de realização das atividades no ensino remoto”, destacou Amanda.

“Estamos felizes com esse olhar de inclusão e preocupação. Isso faz a diferença, pois alguns  alunos não têm acesso a Internet ou nem possui um aparelho de celular. Essa atitude mostra o comprometimento da escola e do Poder Público”, disse a presidente da Associação dos Surdos de Bento Gonçalves, Daniela Flamia.

 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895