Estância Velha ganha reforço na produção de máscaras de tecido

Estância Velha ganha reforço na produção de máscaras de tecido

Material é doado para famílias em situação de vulnerabilidade social

Stephany Sander

As doze mulheres voluntárias, confeccionam mais de duas mil máscaras por dia.

publicidade

Uma fábrica de pilchas, de Estância Velha, se transformou em um atelier de confecção de máscaras de proteção. A iniciativa ocorre graças ao trabalho voluntário de 12 mulheres, moradoras do bairro Campo Grande, que confeccionam mais de duas mil máscaras por dia.

O material é repassado pela Prefeitura Municipal, a partir da doação de algumas empresas do município. O Ministério Público Estadual, com sede na cidade, também ajudará a custear os materiais, com verbas oriundas do fundo de penas alternativas. Mesmo investimento que já foi direcionado para a compra de Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s) ao Corpo de Bombeiros Comunitários da cidade.

As máscaras produzidas estão sendo doados as famílias em situação de vulnerabilidade social e são levadas até a Prefeitura, onde são separados em kits com três em cada saco plástico, para aqueles que necessitarem retirar no local.


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895