Fiscalização intensifica atividades e interdita estabelecimento comercial em Uruguaiana

Fiscalização intensifica atividades e interdita estabelecimento comercial em Uruguaiana

Fiscais precisaram intervir e interromper duas "festas clandestinas"

Por
Fred Marcovici

Segundo a secretária-adjunta de Desenvolvimento Econômico, Nitri Hoisler, as ações são realizadas diariamente em três turnos


publicidade

Na noite deste sábado o Grupo de Fiscalização, integrado por fiscais da Prefeitura de Uruguaiana, acompanhado de agentes da Ronda Ostensiva Municipal Urbana (ROMU), realizou nova ação prática com o objetivo de fazer cumprir as normas previstas nos decretos municipais que normatizam as atividades visando o combate à disseminação da Covid-19.

Durante a ronda os servidores cumpriram um roteiro de visitas a diversos estabelecimentos, além de atender denúncias efetuadas por populares.

Segundo a secretária-adjunta de Desenvolvimento Econômico, Nitri Hoisler, as ações são realizadas diariamente em três turnos, porém nas noites do final de semana que se encontram a maior resistência ao cumprimento das normas. “Este é o período que o pessoal utiliza para sair de casa e promover aglomeração nos bares, em residências ou mesmo em via pública. Está faltando conscientização de boa parte da população”, lamenta Nitri.

Além de flagrar diversas pessoas na rua, o Grupo de Fiscalização tem monitorado os eventos considerados "festas clandestinas”, e que são frequentemente promovidos em propriedades particulares. No final da noite deste sábado a equipe interveio em dois eventos desta natureza.


Os fiscais também interditaram um estabelecimento comercial que infringiu diversas normas do Decreto Municipal e do programa de Distanciamento Controlado do governo do Rio Grande do Sul. Segundo a secretária, por já ter sido notificado anteriormente e multado em oportunidades anteriores, o estabelecimento permanecerá interditado por uma semana.