Gramado apresenta experiência com tratamento alternativo no combate à Covid-19

Gramado apresenta experiência com tratamento alternativo no combate à Covid-19

Município registro, nesta segunda-feira, o primeiro óbito pela doença

Por
Halder Ramos

publicidade

Integrantes do Conselho Técnico para Enfrentamento ao Coronavírus do Hospital São Miguel e a Secretaria da Saúde de Gramado apresentaram a experiência do uso de medicamentos alternativos, no tratamento de pacientes com Covid-19. Os médicos relataram que, desde abril, a casa de saúde tem usado o tratamento precoce. Segundo os dados apresentados, 152 pessoas foram submetidas ao método preventivo e nenhuma evoluiu para um quadro mais grave da doença. “A terapia é favorável quando o paciente está no início dos sintomas de síndrome gripal”, afirma o coordenador da UTI do São Miguel, Fabiano Ruoso.

Os profissionais alertam, no entanto, que o tratamento só pode ser feito com prescrição médica. Para evitar a automedicação, a equipe optou por não citar os remédios usados. “É o médico quem tem condições de avaliar o paciente e indicar os medicamentos”, explica.

O paciente com síndrome gripal deve procurar o primeiro atendimento na tenda montada no Posto de Saúde Central, evitando ir ao hospital. Na apresentação, os profissionais também destacaram que não há um sintoma padrão entre os infectados. Por isso, as pessoas que desconfiarem que possam estar contaminadas, devem prestar atenção na constância dos sintomas gripais.


Gramado registrou nesta segunda-feira a primeira morte de morador por Covid-19. Com comorbidades, o homem, de 37 anos, estava internado na UTI do Hospital São Miguel.