Grande público acompanha Travessia de Fogo na Fronteira Oeste
capa

Grande público acompanha Travessia de Fogo na Fronteira Oeste

Nadadores cruzaram as águas do rio Uruguai

Por
Fred Marcovici

Nadadora Julieta Becker, de apenas 15 anos, foi a única mulher a aceitar e vencer o desafio

publicidade

Um grande público acompanhou a travessia do rio Uruguai na tarde quente e de muito sol deste domingo, em Uruguaiana. A 1ª Travessia de Fogo consiste em cruzar a nado as águas no trecho entre as cidades vizinhas de Paso de los Libres, na Argentina, e Uruguaiana, na Fronteira Oeste do Rio Grande do Sul.

A concentração dos 21 nadadores (16 brasileiros e cinco argentinos) foi no Tamandaré Iate Clube (TIC), do lado brasileiro, e a largada de Paso de los Libres – às 15h. O evento teve a organização do soldado Jerley Lucena da corporação de bombeiros local.

Segundo o coordenador, a ação visou incentivar o esporte, a preservação do meio ambiente, confraternização binacional, além de valorizar as belezas naturais do manancial que banha a cidade e entorno.

O primeiro a chegar à margem brasileira foi o empresário rural Rafael Linhares, 32 anos, com o tempo de 37 minutos. A nadadora Julieta Becker, de apenas 15 anos, de Paso de lo Libres, foi a única mulher a aceitar e vencer o desafio. O percurso de 3,3 quilômetros foi monitorado por duas equipes da Marinha do Brasil, uma embarcação dos bombeiros e outra da Prefectura Naval da Argentina.

O desafio não teve caráter competitivo e todos os nadadores receberam medalha de participação.