Hospital de Santa Maria abre 15 novos leitos para pacientes com Covid-19

Hospital de Santa Maria abre 15 novos leitos para pacientes com Covid-19

Dez destes leitos semi-intensivos já estão em operação nesta quarta-feira, e os demais cinco serão disponibilizados até sexta-feira

Renato Oliveira

publicidade

O Hospital Universitário de Santa Maria (HUSM) anunciou, na tarde desta quarta-feira, a abertura de 15 leitos de enfermaria semi-intensivos para tratamento de pacientes com Covid-19. Dez leitos já estão abertos e outros cinco serão abertos até sexta-feira. Hoje, nove pacientes estão internados nos leitos clínicos. Os outro deverá ser ocupado, nas próximas horas, por um dos pacientes que aguarda na UPA e em hospitais da região.

"Atualmente, a maior demanda no Estado são leitos de UTI. Esses leitos clínicos irão permitir a saída mais precoce dos pacientes da CTI para o leito clínico, dentro do hospital e próximo da CTI. Liberando, dessa forma, os leitos da UTI para novos atendimentos" explica Elaine Resener, superintendente do HUSM.

Os leitos clínicos serão instalados na área onde funcionava – até semana passada - a UTI Covid, no Pronto-Socorro do hospital. "Estamos abrindo de forma gradual, porque necessitamos equipamentos, que vão desde cama até a convocação dos trabalhadores da saúde pelo Processo Seletivo Simplificado, iniciadas ontem" afirma Soeli Guerra, Gerente de Atenção à Saúde do HUSM.

Os 10 primeiros leitos foram abertos com camas cedidas pelo Hospital Regional e os insumos básicos, medicamentos, monitores, oxímetros e aparelhos de pressão do próprio HUSM.

Na última sexta-feira, 26 de fevereiro, o HUSM ampliou também a oferta de leitos de UTI para o tratamento contra Covid, de 15 para 20, no mesmo dia em que anunciou a transferência dos pacientes para a nova Central de UTIs, no segundo andar do prédio do Pronto-Socorro.

Atualmente, 17 pacientes aguardam leito de UTI no Gerint – sistema de regulação de internações hospitalares do Governo do Estado.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895