Inspeção aponta carência de aprimoramento das medidas de prevenção a Covid-19 em empresa de Caxias

Inspeção aponta carência de aprimoramento das medidas de prevenção a Covid-19 em empresa de Caxias

Hyva do Brasil foi inspecionada após denúncia de surto no novo coronavírus

Celso Sgorla

publicidade

O Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest Serra) e a Vigilância Sanitária de Caxias do Sul apresentou, na última quarta-feira, 14 de outubro, o relatório sobre a inspeção realizada na empresa Hyva do Brasil, no dia 5 de outubro, após denúncias de surto do novo coronavírus na empresa. Naquele momento, havia 17 casos confirmados simultaneamente de trabalhadores com Covid-19. A conclusão da análise apontou que “a empresa apresenta medidas de prevenção e de contingência da disseminação da Covid-19 embora necessite aprimorá-las.”

Alguns dos apontamentos do Cerest e da Vigilância são quanto a questão das entradas e saídas, para que se evite aglomerações, que triagem dos trabalhadores com sintomas seja feita por profissional da saúde, adequações em vestiários, banheiros e refeitório, com a sugestão de fazer funcionar o segundo refeitório já existente na planta da unidade 2, já que um único refeitório atende as duas unidades da empresa, possibilitar a ventilação natural em setores com ar condicionado, elaboração e implementação de um plano de testagem para Covid-19, entre outros.

De acordo com informações recebidas dos trabalhadores, nesta segunda-feira, a empresa registra 26 casos de Covid-19.

Nota da empresa

“Desde o início da pandemia, a Hyva do Brasil revisou todos os protocolos de segurança, afastou os infectados e testou os funcionários. Os casos confirmados estão devidamente afastados e isolados de suas funções na empresa.

A maioria já está recuperada e todos são acompanhados e monitorados diariamente pela equipe da Hyva. Cabe destacar que o Ministério do Trabalho, a Vigilância Epidemiológica e Sanitária e o CEREST foram notificados da situação, aprovaram as ações tomadas pela empresa e também sugeriram novos procedimentos que estão sendo realizados.

Vale lembrar que o ano de 2020 marca os 25 anos de atuação da Hyva do Brasil. A empresa conta com duas fábricas em Caxias do Sul e, mesmo em meio às incertezas, projeta um crescimento da ordem de 6% a 8% para o ano”, finaliza a nota.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895