Mantenedora do CVV de Santa Cruz do Sul busca doações

Mantenedora do CVV de Santa Cruz do Sul busca doações

A receita mensal estimada é de R$ 500

Otto Tesche

publicidade

A Associação Amigos da Vida, mantenedora do posto do Centro de Valorização da Vida (CVV) de Santa Cruz do Sul, necessita de doações. A entidade, responsável pelo custeio da operação do CVV no município, precisa de uma receita mensal estimada em R$ 500. Os recursos são usados para o pagamento das despesas de telefonia e internet. O atendimento das ligações telefônicas é feito por voluntários.

A coordenadora do Centro em Santa Cruz do Sul, Patrícia Campos, explica que os valores precisam ser repassados para a mantenedora, que é a pessoa jurídica responsável. “Somente podemos solicitar doações em nome da mantenedora, pois o CVV é uma entidade sem fins lucrativos. Porém, para que o posto do CVV funcione, necessitamos de recursos”, afirma.

O CVV Santa Cruz do Sul funciona em uma sala cedida pelo Corpo de Bombeiros, sem cobrança de aluguel. “São em torno de R$ 300,00 somente para manutenção do equipamento no posto, despesa fixa. Há ainda o gasto com internet, que, por enquanto, vem sendo pago por um doador que ajuda todo mês.” Além dos custos de telefonia e internet, a associação paga a água que os voluntários consomem durante os turnos de atendimento.

Além do custeio da unidade, o CVV participa de eventos de formação e aperfeiçoamento de seus voluntários. “Precisamos de mais recursos, necessários para o investimento em material de campanha, assim como no custeio de viagens dos voluntários para os encontros regional e nacional, que ocorrem uma vez ao ano”, diz Patrícia.

Empresas e pessoas físicas podem fazer doações em dinheiro, na conta da associação. Os depósitos devem ser dirigidos para a Caixa Econômica Federal, na agência 0500 conta 2684-0, operação 013 (poupança). O CNPJ da Associação Amigos da Vida é o 07.708.503/0001-65. Além do dinheiro, gráficas instaladas no município podem doar o serviço de impressão dos materiais informativos das campanhas institucionais do CVV contra o suicídio. “Quem quiser doar produtos, que podem ser transformados em prêmios, também pode ajudar, pois uma das formas de manter o serviço do posto é por meio de ações entre amigos, vendidas pelos voluntários do CVV Santa Cruz”, explica a coordenadora.

O atendimento do CVV é realizado em rede: quando alguém liga para o número 188, um dos 109 postos é acionado, em qualquer parte do Brasil. A ligação é grátis e sigilosa. Além do atendimento via telefone, os voluntários do CVV de Santa Cruz do Sul ministram palestras em escolas e instituições e também atuam com atendimento presencial.


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895