Obras de presídio em Bento Gonçalves serão concluídas em janeiro
capa

Obras de presídio em Bento Gonçalves serão concluídas em janeiro

A casa prisional terá 420 vagas e conta com investimento de R$ 30 milhões

Por
Celso Sgorla

Já foram concluídas 35 celas, das 44 programadas

publicidade

A construção do novo presídio de Bento Gonçalves tem previsão de ser concluída em janeiro de 2019. De acordo com o engenheiro Fernando Verdi, as obras estão dentro do cronograma. "Até o momento, já foram concluídas mais de 35 celas, das 44 programadas, além do trabalho avançar nas áreas de convivência, lavanderia, refeitório e área administrativa", salienta.

Cerca de 80 funcionários, entre pedreiros, armadores, carpinteiros e auxiliares trabalham no local. Os trabalhadores foram encaminhados por meio da Secretaria de Habitação, por meio do Programa Acessuas Trabalho. O prédio está sendo erguido no bairro Barracão, terá 420 vagas e vai substituir o atual, no centro da cidade. “As celas estão quase prontas, os módulos prisionais, área de convívio com os familiares, parlatório, as obras estão muito avançadas. Em breve, nossa comunidade não terá mais que conviver com o presídio no centro da cidade”, ressalta o prefeito Guilherme Pasin.



O custo da obra é de cerca de R$ 30 milhões, que serão pagos com a permuta do prédio da superintendência do Daer de Bento Gonçalves, avaliado em R$ 19 milhões, e os R$ 11 milhões restantes são de recursos do Fundo Estadual de Gestão Patrimonial. Os recursos desse fundo são provenientes da alienação de imóveis.