Santa Maria suspende aulas e limita funcionamento de bares até 21h

Santa Maria suspende aulas e limita funcionamento de bares até 21h

Medidas adotadas são mais brandas do que aquelas impostas pelo governo federal

Renato Oliveira

publicidade

O prefeito de Santa Maria, Jorge Pozzobom (PSDB), ao lado do vice, Rodrigo Decimo, e da Controladora do Municipio, Carolina Lisowski, anunciaram neste domingo medidas mais rigorosas em decorrência do atual momento da pandemia do coronavirus.

"A situação é vergonhosa e não está existindo respeito às normas de prevenção", afirmou o chefe do executivo no inicio da sua fala. "Estamos tomando novas medidas para evitar entrarmos na bandeira preta na próxima sexta-feira", completou Pozzobom. As normas passam a valer a partir desta segunda-feira, 22 de fevereiro.

O decreto do executivo estabelece as seguintes normas:

• Estão suspensas, por cinco dias úteis, as atividades escolares no modelo presencial (até o dia 28 de fevereiro de 2021), podendo continuar as atividades educacionais remotas.

• Atendimento em bares, lancherias e restaurantes até às 21h, com encerramento até as 22h para quem está consumindo no interior do estabelecimento. A partir das 22h até meia-noite somente tele-entrega.

• Distribuidoras de bebidas e locais que têm o foco de venda a bebida alcoólica poderão comercializar com atendimento presencial até 21h (sem mesas para consumo local). Das 21h até meia-noite, é possível somente tele-entrega.

• O decreto determina que uma força-tarefa integrada por fiscais da prefeitura, Guarda Municipal e Brigada Militar estarão monitorando os locais que não cumprirem com a determinção e poderão agir interrompendo as atividades neste espaços.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895