Santo Ângelo registra sétima morte relacionada à Covid-19

Santo Ângelo registra sétima morte relacionada à Covid-19

Idoso, de 79 anos, morava em lar que passou por surto de contaminação da doença

Correio do Povo

Santo Ângelo registra sétima morte relacionada à Covid-19

publicidade

A cidade de Santo Ângelo, na região das Missões, registrou no final da noite dessa segunda-feira a sétima morte relacionada ao novo coronavírus. Com este caso, o Rio Grande do Sul passa a ter 366 óbitos de Covid-19. 

A vítima é um homem, de 79 anos, e, conforme a prefeitura local, ele é um dos moradores de um lar de idosos que comunicou um surto de contaminação da doença no começo do mês de junho. Vinte e seis pessoas foram infectadas, sendo oito funcionários e 18 moradores. 

No último sábado, Santo Ângelo passou a adotar bandeira vermelha para o monitoramento da Covid-19, de acordo com a nova avaliação do modelo de distanciamento controlado do governo do Rio Grande do Sul. 

Quase 120 casos positivos 

Até esta segunda-feira, Santo Ângelo registra 118 casos positivos para o novo coronavírus, com 38 casos ativos, 73 pacientes recuperados e sete óbitos. Dos 38 pacientes ativos, 32 estão em isolamento e seis hospitalizados, com três pacientes na UTI. São 17 casos suspeitos que aguardam o resultado da coleta do exame junto ao Laboratório Central do Estado.

A sétima morte em Santo Ângelo e outros cinco óbitos ainda não constam no boletim informativo da Secretaria Estadual de Saúde, que ontem, no final da tarde, informou 360 mortes.

Os óbitos não contabilizados pela SES são:

- Canguçu (homem, de 82 anos)
- Itacurubi (homem, de 66 anos)
- Gravataí (mulher, de 61 anos)
- Porto Alegre (mulher, 74 anos)
- Porto Alegre (mulher, 71 anos) 
- Santo Ângelo (homem, 79 anos) 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895