Sobe para 204 mil número de famílias gaúchas aprovadas no Auxílio Reconstrução

Sobe para 204 mil número de famílias gaúchas aprovadas no Auxílio Reconstrução

Valor de R$ 5,1 mil em parcela única é pago a desabrigados da enchente histórica de maio

Correio do Povo

Dinheiro pode ser utilizado livremente para compra de itens perdidos na tormenta

publicidade

O número de famílias gaúchas aprovadas no Auxílio Reconstrução chegou a 204,1 mil, segundo divulgou o governo federal na última quarta-feira. Os dados se referem desde a criação do benefício, no último dia 15 de maio. O valor, de R$ 5,1 mil, é pago em parcela única a famílias desabrigadas de 444 municípios do Rio Grande do Sul afetados pela enchente, e pode ser utilizado livremente por elas. Conforme o governo, a meta é alcançar as 240 mil famílias nas próximas semanas, somando um milhão de pessoas beneficiadas.

“É fundamental que as famílias tenham acesso ao dinheiro e comecem a reconstruir a vida o mais rapidamente possível”, disse o ministro da Integração e do Desenvolvimento Regional, Waldez Góes. As prefeituras são responsáveis pelos cadastros dos moradores, que, após, devem confirmar as informações no site do Auxílio Reconstrução. Góes salientou que os municípios devem seguir com os cadastros, na medida do possível, a fim de que mais pessoas recebam os valores.

Após a validação, as informações são enviadas para a Caixa Econômica Federal, responsável pelo depósito em até 48 horas. Beneficiários com conta corrente ou conta poupança na Caixa recebem os valores nestes locais. Para quem não tem, o banco estatal abrirá uma conta no nome do responsável pela família, que acessará o dinheiro via aplicativo Caixa Tem.


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895