Barros espera votar autonomia do BC semana que vem

Barros espera votar autonomia do BC semana que vem

Declarações foram feitas em evento da XP Investimentos nesta segunda-feira

AE

Autonomia do Banco Central está na pauta

publicidade

Após semanas de pauta travada na Câmara, o líder do governo na Casa, Ricardo Barros (PP-PR), tentou nesta segunda-feira, 7, transmitir a mensagem de que as propostas começarão a avançar e disse esperar que a votação da autonomia do Banco Central, já aprovada no Senado, ocorra na semana que vem. Isso ocorreria após a votação dos projetos da BR do Mar e de desvinculação de recursos de fundos do governo. As declarações foram feitas em evento da XP Investimentos.

As privatizações, por sua vez, "serão pauta prioritária a partir de fevereiro", segundo o líder. Ele disse que algumas empresas podem ser privatizadas "rapidamente", mas ressaltou que tudo depende do aval do Congresso.

Nas últimas semanas, o ministro da Economia, Paulo Guedes, se disse frustrado pelo fato de as privatizações, uma das principais bandeiras da equipe econômica, terem travado no Congresso e atribuiu o insucesso a "acordos de centro-esquerda".

Hoje, Barros disse que órgãos de controle como Tribunal de Contas da União (TCU), Controladoria-Geral da União (CGU), Ministério Público Federal (MPF) e o Poder Judiciário são "corporações de servidores públicos" e, por isso, acabam tomando decisões que muitas vezes protelam as privatizações.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895