Diretora da Braskem fala sobre iniciativas de estímulo à economia circular dos plásticos

Diretora da Braskem fala sobre iniciativas de estímulo à economia circular dos plásticos

Fabiana Quiroga foi uma das palestrantes do 4º Congresso Brasileiro do Plástico realizado hoje

Correio do Povo

publicidade

 

Fabiana Quiroga foi uma das palestrantes do 4º Congresso Brasileiro do Plástico, realizado nesta terça-feira e destacou projetos e parcerias da empresa, referência do segmento no país, para o fomento de ações de sustentabilidade. Entre as palestras do 4º Congresso Brasileiro do Plástico, a diretora de Economia Circular da América do Sul da Braskem, Fabiana Quiroga, apresentou iniciativas da empresa para o fomento de ações de sustentabilidade, a partir da Economia Circular. O assunto foi uma dos mais aguardados do evento bianual, que ocorreu de forma online e reuniu especialistas no segmento do Brasil e do exterior. Fabiana apresentou as ações e procedimentos que a Braskem vem desenvolvendo, no sentido de estimular toda a cadeia envolvida na produção e consumo de plásticos, a repensar sua aplicação, desde o desenvolvimento de produtos até seu descarte e reciclagem. “Entendemos que o consumidor faz parte disso, tanto no consumo consciente como no descarte correto. Apoiamos iniciativas como o Edukatu, que trabalha junto a escolas municipais, a fim de promover educação ambiental de crianças e adolescentes, bem como no suporte a ações com catadores”, frisou.

A diretora de Economia Circular explicou a metodologia proprietária que a empresa desenvolveu, a fim de auxiliar na tomada de decisão dos clientes da Braskem, ajudando as empresas a alcançar seus compromissos de sustentabilidade para 2025 e 2030. Ela citou ações como a do papel higiênico Neve, por exemplo: “o rolo do papel é um dos componentes mais difíceis de encaixar na cadeia de reciclagem e foi desenvolvida uma solução para eliminar o rolo, algo que parece simples, mas inovador e com grande impacto”. Ela destacou também cases de sucesso, que inclusive renderam prêmios à empresa, como a parceria com Heineken e Natura, para transformação de copos plásticos usados em grandes eventos em rolhas de desodorante corporal, a partir de resina reciclada.

Reciclagem química

Fabiana falou também sobre a reciclagem química, que é complementar à mecânica, mais comum no Brasil. “Estamos focados no desenvolvimento desta tecnologia, apoiando o avanço de pesquisas e testes. Do ponto de vista de aplicação mostra-se muito eficiente, pois no final do processo temos uma resina virgem novamente, que pode ser aplicada em todos os segmentos, sem restrição”, afirmou. Ela comentou que a Braskem desenvolveu parcerias com um instituto holandês e o SENAI, a fim de buscar viabilidade econômica para esse formato de reciclagem.

Criar soluções sustentáveis da química e do plástico é um dos objetivos da Braskem e de inúmeras empresas do ramo petroquímico. Para o presidente do Instituto SustenPlást, Alfredo Schmitt, a palestra trouxe informações importantes sobre o segmento. “É primordial que todos entendam a importância das ações individuais e coletivas para que a Economia Circular seja uma realidade cada vez mais presente na sociedade”, pontuou.

Congresso

Promovido de maneira bianual, é realizado pelo Instituto SustenPlást e tem como objetivo debater a importância e a relação da sociedade com os plásticos. Além do aplicativo (Android e iOS) e site (cbplastico.com.br), onde é possível localizar todas as informações sobre o 4CBP, também é possível acompanhar o Congresso Brasileiro do Plástico por redes sociais, como YouTube, Instagram e Facebook, Linkedin e Twitter.

Palestrante

Fabiana Quiroga é executiva com mais de 18 anos de experiência na Indústria Petroquímica, assumiu a diretoria dos Negócios de Economia Circular na Braskem S.A. em outubro de 2017, com o objetivo de liderar a estratégia global de Economia Circular, com foco no desenvolvimento da cadeia de reciclagem, para produção de resinas recicladas de PE e PP com qualidade e rastreabilidade na América do Sul, ampliando o nosso portfólio de soluções sustentáveis e inovadoras, o mercado e novas aplicações para valorização dos reciclados. É presidente do Conselho Diretivo da Plastivida, organização sem fins lucrativos que objetiva coordenar ações junto aos diversos elos da cadeia do plástico, para valorização da imagem, conscientização do uso e descarte adequado dos resíduos plásticos.

 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895