Propriedade em Igrejinha é espaço para experienciar a colheita do mirtilo

Propriedade em Igrejinha é espaço para experienciar a colheita do mirtilo

Empreendimento familiar Canto Brusius tem centenas de mudas de frutas

Correio do Povo

Nos meses de novembro, dezembro e janeiro, é o período de amadurecimento

publicidade

Localizado na Sanga Funda, região rural de Igrejinha, o Canto Brusius é um espaço para experienciar a colheita do mirtilo nos meses de novembro, dezembro e janeiro. A família responsável pela propriedade quis realizar o sonho do avô Ruben, que adquiriu o lote na década de 1970 e desejava que ele permanecesse com seus descendentes.

Em 2019, foram plantadas as primeiras 80 mudas na área. Ao longo do tempo, a família foi amadurecendo o manejo e ganhando expertise no cultivo e na venda das frutas. Este ano, outras 550 unidades de mirtilo foram plantadas e houve uma  diversificação na produção com 60 mudas de framboesa e 100 de amora, além de um pomar misto.

A propriedade também é utilizada como espaço de celebrações, como aniversários e casamentos. Com uma área total de 230 metros quadrados, o celeiro serve de salão de festas, com um deck coberto que comporta cerca de 80 pessoas. Ele está equipado com estrutura para churrasco e cozinha campeira, com toques de modernidade.

No sítio, há também uma casa construída na década de 1940, que foi reformada preservando características de época. O plano é disponibilizá-la para locação.

A decisão de abrir o espaço para visitação partiu das filhas do comprador do lote, Wanderlise e Vanize Brusius. Somaram-se ao projeto os netos Berta e Daniel, juntamente com seu pai e esposo de Wanderlise, Cézar Wilbert. “Estamos realizando o sonho de abrir as portas e mostrar para as pessoas a beleza e a possibilidade de se reconectar com a natureza”, declara Wanderlise.

 


Azeite gaúcho é destaque global

Agroindústria de Viamão recebe no Japão título de melhor blend, entre outros prêmios

Mais Lidas

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895