Expoagas espera realizar R$ 520 milhões em negócios
capa

Expoagas espera realizar R$ 520 milhões em negócios

Principal reivindicação a ser levantada no evento é a possibilidade dos supermercados comercializarem medicamentos que não necessitam de prescrição médica

Por
Cláudio Isaias

Supermercadistas querem vender medicamentos sem prescrição médica em suas lojas

publicidade

Com a previsão de movimentar cerca de R$ 520 milhões em negócios entre os 372 expositores e visitantes, a Expoagas 2019 apresentará mais de 800 lançamentos durante os três dias do evento, entre 20 a 22 de agosto, no Centro de Eventos da Fiergs, em Porto Alegre. Mais de 48 mil pessoas ligadas à cadeia de abastecimento supermercadista participarão de atividades ligadas a networking, relacionamento, negócios e qualificação. Os dados foram apresentados, nesta terça-feira, pelo presidente da Associação Gaúcha de Supermercados (Agas), Antônio Cesa Longo, ao afirmar que representantes de todo Brasil e de outros 11 países estarão na feira supermercadista. 

Conforme Longo, a principal reivindicação da categoria, que aparecerá nos debates da Expoagas, é a possibilidade dos supermercados comercializarem medicamentos que não necessitam de prescrição médica. “Defendemos o direito das farmácias venderem alimentos, itens de bazar e de higiene, mas queremos o mesmo livre comércio para os supermercados. Afinal, os medicamentos sem prescrição já estão ao alcance dos clientes no autosserviço das farmácias, além de serem comercializados sem restrições por televendas e internet”, acrescentou Longo. 

Outras reivindicações do setor são a definição de regras para a manipulação de carnes e fiambres em supermercados e a simplificação tributária em todos os setores. “São questões técnicas nas quais estamos trabalhando para garantir, acima de tudo, segurança alimentar aos consumidores e proteção jurídica às empresas”, salientou.

Feira de negócios

Além da feira, que contará com fornecedores de produtos, equipamentos e serviços para o varejo, a Expoagas 2019 possibilitará, em uma série de palestras, visitas, seminários e oficinas, qualificações para diferentes públicos. A feira terá novamente a participação de outros setores do comércio, como hotéis, bares, restaurantes, farmácias e lojas de bazar e R$ 1,99. Segundo Longo, neste ano, a cortesia estende-se também a produtores rurais pela primeira vez. 

Entre os expositores desta edição, 80,9% estão voltando ao evento, e 19,1% serão estreantes na feira. Um dado que chama a atenção é o percentual de empresas gaúchas entre os expositores: embora ainda majoritários (67%), os estandes de companhias locais atingiram o menor percentual de participação dos últimos dez anos (em 2018, os gaúchos eram 72%). “É um dado que nos preocupa. Somos defensores da indústria gaúcha, que é modelar em tantos setores, e precisamos que a economia se fortaleça em todas as pontas para que tenhamos um crescimento sustentável no Estado”, ressaltou. De acordo com Longo, um dos principais objetivos da associação com a feira é oportunizar uma vitrine a varejistas de todo o país para as empresas que participarão do evento. 

O presidente da Agas disse que, ao apostar nos conceitos de liberdade econômica defendidos pelo governo Federal e fomentando negócios que possibilitarão crescimento para empresas do varejo, para o setor de distribuição e indústria, a entidade aproveitará a Expoagas 2019 para reforçar os pleitos do segmento supermercadista gaúcho e brasileiro.

Entre as palestras magnas, realizadas no Teatro do Sesi, os destaques deste ano serão o consultor canadense Mike Ross, que abordará o comportamento dos consumidores no ponto de venda; o filósofo, professor e escritor Clóvis de Barros Filho, propondo reflexões de vida e carreira ao público e o jornalista e colunista do Correio do Povo, Alexandre Garcia, abordando perspectivas para o Brasil. 

Entregue anualmente pela Agas a um fornecedor do varejo que, com sua lisura, dedicação e relacionamento, tornou-se modelar para o segmento supermercadista do Rio Grande do Sul, a medalha Don Charles Bird - que leva o nome do primeiro presidente da associação - neste ano será entregue ao presidente da Cooperativa Santa Clara, Rogério Bruno Sauthier. A medalha será entregue ao homenageado na solenidade de abertura da Expoagas 2019, marcada para as 9h do dia 20 de agosto, no teatro do Sesi.