Governo vai retomar impostos dos combustíveis com alíquotas diferentes para gasolina e etanol

Governo vai retomar impostos dos combustíveis com alíquotas diferentes para gasolina e etanol

Decisão fortalece a posição de Fernando Haddad, ministro da Fazenda, no governo Lula

Blog do Nolasco | R7

publicidade

O governo vai retomar a cobrança dos impostos federais sobre gasolina e etanol. Uma medida provisória deve ser editada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, explicaram ao blog fontes do Ministério da Fazenda. O governo vai definir alíquotas diferentes para a gasolina, combustível fóssil e o etanol, um biocombustível. 

O impasse sobre a prorrogação ou não da isenção dos impostos federais sobre os combustíveis dividiu o governo Lula e colocou mais uma vez em cheque a influência do ministro da Fazenda, Fernando Haddad. Haddad defendia a volta da cobrança dos impostos desde janeiro e uma nova prorrogação seria mais uma derrota do ministro.

Integrantes do PT queriam uma nova prorrogação do benefício para evitar o desgaste da imagem do presidente Lula até que fossem feitas mudanças na política de preços da Petrobras.

O fim da desoneração da gasolina representa reajuste de R$ 0,69 e no etanol, de R$ 0,24 nas contas da Associação Brasileira dos Importadores de Combustíveis. Os tributos PIS, Cofins e Cide foram zerados no governo do ex-presidente Jair Bolsonaro e representam uma perda de arrecadação de cerca de R$ 30 bi por ano.


Artista transforma hobby em negócio

Bruno Lorenz desenha imóveis de Porto Alegre e compartilha conhecimentos ensinando a técnica

Mais Lidas





Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895