Imóveis, carros e aviões apreendidos com traficantes rendem R$ 10 milhões em leilões

Imóveis, carros e aviões apreendidos com traficantes rendem R$ 10 milhões em leilões

Segundo Ministério da Justiça, montante foi arrecadado em agosto; desde janeiro, leilões de bens apreendidos somam R$ 74 milhões

R7

publicidade

Carros, aeronaves, imóveis, celulares e joias apreendidas com traficantes e leiloados pelo Ministério da Justiça renderam R$ 10 milhões em 50 leilões, realizados em agosto pela Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad). Ao todo, segundo a pasta, 326 itens foram arrematados. Desde o início de 2022, foram arrecadados mais de R$ 74 milhões, em 249 leilões.

Somente com aeronaves, o lucro foi de R$ 2 milhões. No total, foram quatro. Uma delas, da Beech Aircraft, rendeu R$ 417 mil. Foram arrecadados R$ 4,9 milhões com outros 297 veículos. Entre eles, uma lancha foi comprada por R$ 20,5 mil.

O ministério também conseguiu leiloar seis imóveis, com arrecadação total de R$ 3,2 milhões. Entre eles, está uma casa situada no bairro Butantã, em São Paulo, vendida por R$ 454 mil. Assim como um apartamento arrematado em Sorocaba, no interior paulista, por R$ 151 mil. 

Também foram arrematados bens menores, como pulseiras e colares de prata, vendidos por R$ 2 mil. Esses e outros itens diversos geraram arrecadação de R$ 131 mil.

Segundo o governo, o valor arrecadado é investido em políticas de segurança pública e de combate às drogas, além da capacitação de profissionais e desenvolvimento de projetos de âmbito nacional. "Os recursos são aplicados, também, na destinação de equipamentos para os órgãos integrantes do Sistema Único Segurança Pública (Susp), como as polícias militares, civis e corpos de bombeiros militares", informou o Ministério da Justiça.


Azeite gaúcho é destaque global

Agroindústria de Viamão recebe no Japão título de melhor blend, entre outros prêmios

Mais Lidas

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895