Mercadante: Brasil vive janela histórica de oportunidade em protagonismo na transição ambiental

Mercadante: Brasil vive janela histórica de oportunidade em protagonismo na transição ambiental

Presidente do BNDES disse também que Brasil deve ter ambição para ser o primeiro país do G20 a ter emissões zero de carbono

AE

publicidade

O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Aloizio Mercadante, disse nesta segunda-feira, 30, que o Brasil está vivendo uma janela histórica de oportunidade de ampliar seu protagonismo com sua atuação no desafio de transição ambiental.

"A crise climática dá protagonismo ao Brasil de liderar essa agenda. O Brasil pode ter ambição de ser o primeiro país do G20 a ter emissões zero. E, com Amazônia e biodiversidade que temos - a maior do planeta -, podemos ter a resposta decisiva para a humanidade, o que dará mais protagonismo ao País", disse.

Mercadante também afirmou que o Brasil tem que continuar em busca de soluções diplomáticas e de paz, sendo um dos poucos países da Organização das Nações Unidas (ONU) a ter relações com todas as nações.

O presidente do banco de fomento também ressaltou que o Brasil é o segundo país que mais atrai investimento direto externo. Porém, enfatizou Mercadante, precisa de segurança jurídica para atrair mais investimentos.

"Faremos estudos para buscar cultura de conciliação, de arbitragem e reduzir custo jurídico e temporal da litigância que temos", disse, na abertura do Fórum BNDES de Direito e Desenvolvimento, na sede do banco de fomento, na região central do Rio. "Precisamos melhorar marco regulatório para aproveitar desafios."

O executivo ressaltou a performance do BNDES neste ano: elevou em 100% a demanda por crédito protocolada no banco, em 40% as aprovações e em 20% os desembolsos.

 


Empresa familiar do RS ganha título de vinícola do ano

Vita Eterna de Pinto Bandeira usa processo artesanal para produzir

Mais Lidas





Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895