Pacheco diz que Campos Neto irá ao Senado dia 10 de agosto

Pacheco diz que Campos Neto irá ao Senado dia 10 de agosto

Convocação do presidente do Banco Central faz parte de um movimento da casa que questiona a não redução da taxa básica de juros

AE

publicidade

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), disse nesta quinta-feira que a Casa ouvirá o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, no dia 10 de agosto. O agendamento da audiência com Campos Neto é parte de um movimento do Senado para pressionar pela redução da taxa básica de juros.

Conforme os bastidores, se a taxa básica de juros, a Selic, a 13,75% ao ano, não baixar em agosto, ganhará força o grupo que quer inviabilizar Campos Neto no cargo.

Pacheco disse que a ideia inicial era realizar a audiência no próximo dia 3. Porém, Campos Neto estará em período de silêncio, após a reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) nos dias 1 e 2 de agosto.

O presidente do Senado disse não ter dúvidas de que o chefe da autoridade monetária comparecerá. As declarações ocorreram no Palácio do Planalto, depois da cerimônia de sanção do novo programa Minha Casa, Minha Vida.


Mais Lidas

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895