Rui Costa diz que novo PAC será levado a Lula na próxima semana

Rui Costa diz que novo PAC será levado a Lula na próxima semana

Intenção do governo é lançar o novo Programa de Aceleração do Crescimento até o fim deste mês

AE

Chefe da Casa Civil, Rui Costa, é empossado em Brasília

publicidade

Ao reforçar a intenção do governo em lançar o novo PAC até o final do mês, o ministro da Casa Civil, Rui Costa, disse nesta quinta-feira, 6, que o programa será apresentado na próxima semana ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva. "O novo PAC terá como diretriz basilar a sustentabilidade", disse. O ministro ainda confirmou a criação da comissão interministerial para discutir a política de compras públicas.

"Essa comissão vai identificar o que podemos fazer em cada cadeia produtiva", afirmou Costa na primeira reunião do Conselho Nacional de Desenvolvimento Industrial (CNDI). Os eixos do novo PAC tem relação direta com as sete missões estabelecidas pelo CNDI, entrosamento destacado pelo ministro da Casa Civil durante o encontro.

Ressaltando o papel das PPPs e concessões dentro do novo PAC, Costa voltou a reclamar do patamar de juros no País, o qual, segundo ele, impede a reindustrialização do Brasil. "Não há como reindustrializar o País com essa taxa de juros", disse o ministro, que também fez referência ao papel do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) na oferta de financiamento a custos viáveis.

Costa, por fim, falou na necessidade de customização da formação de mão de obra para atender as demandas locais que surgirão com o lançamento do novo PAC. O presidente da CUT, Sérgio Nobre, também falou durante a reunião do CNDI e defendeu que, apesar do destaque dado a "neoindustrialização", o governo dê atenção para a "velha indústria", que ainda é fonte de emprego em várias regiões importantes do Brasil.

 


Azeite gaúcho é destaque global

Agroindústria de Viamão recebe no Japão título de melhor blend, entre outros prêmios

Mais Lidas

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895