Servidores do Banco Central entram em 3ª fase de operação-padrão na 4ª-feira e ameaçam greve

Servidores do Banco Central entram em 3ª fase de operação-padrão na 4ª-feira e ameaçam greve

Trabalhadores pressionam que governo Lula reestruture carreiras na autarquia

AE

publicidade

Servidores do Banco Central aprovaram nesta quinta-feira, 26, o início da terceira fase da operação-padrão do órgão, marcada para começar na próxima quarta-feira, 1º de novembro, dia em que é divulgada a decisão do Comitê de Política Monetária (Copom). A informação é do Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central (Sinal). A entidade também não descartou a possibilidade de os funcionários entrarem em greve ainda em novembro.

"Se o descaso por parte do Governo continuar, o indicativo de greve por tempo indeterminado a partir da segunda quinzena de novembro pode vir a ser apresentado à categoria", afirmou o Sinal. O sindicato tem reunião com o presidente do BC, Roberto Campos Neto, nesta sexta-feira, 27.

De acordo com o sindicato, mais de 70% dos servidores do BC aderiram à nova fase da operação-padrão, em vigor desde julho. A desaceleração das atividades por parte dos servidores ocorre em meio à pressão para que o governo de Luiz Inácio Lula da Silva reestruture as carreiras no BC.

A mobilização terá "profundas implicações" no funcionamento da autarquia, segundo o Sinal, levando a "retardamento e não-entrega de serviços", impactando projetos em curso do Banco Central, especialmente a implementação da moeda digital Drex e o projeto do PIX parcelado.

O sindicato informa ainda que também deve ser afetadas a apresentação de dados de atividade econômica e atividades de supervisão, além da possibilidade de novos adiamentos e suspensão de atividades com a participação dos agentes do mercado financeiro.

A operação-padrão já vinha afetando a divulgação de indicadores econômicos do BC. A divulgação dos dados do setor externo e das estatísticas monetárias e de crédito, marcadas para esta semana, foi adiada na última segunda-feira, 23, para o começo de novembro.


Azeite gaúcho conquista prêmio internacional

Produzido na Fazenda Serra dos Tapes, de Canguçu, Potenza Frutado venceu em primeiro lugar na categoria “Best International EVOO” do Guía ESAO

Mais Lidas





Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895