Tebet elogia comunicado e ata do BC e avalia que é possível nova redução de 0,5 ponto na Selic

Tebet elogia comunicado e ata do BC e avalia que é possível nova redução de 0,5 ponto na Selic

Texto diz que o Copom prevê novos cortes no mesmo ritmo nos próximos meses

AE

Texto diz que o Copom prevê novos cortes no mesmo ritmo nos próximos meses

publicidade

A ministra do Planejamento, Simone Tebet, elogiou na manhã desta terça-feira, 8, a ata e o comunicado do Banco Central referentes à última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) que definiu um corte de 0,5 ponto porcentual na taxa básica de juros (Selic). O texto diz que o Copom prevê novos cortes no mesmo ritmo nos próximos meses, devido à melhora nas perspectivas da inflação do País.

"Desta vez foi tudo diferente", afirmou a ministra. "Acho que está de parabéns o Banco Central, que agora entrou na mesma página. O comunicado veio no tom certo, a ata está absolutamente esclarecedora", ponderou Tebet.

Ela enfatizou a possibilidade de a Selic cair pelo menos mais 0,5 ponto porcentual em cada uma das próximas três reuniões restantes do Comitê deste ano, na tentativa de alcançar 11,75% ao ano ao fim de 2023.

A ata da reunião, divulgada nesta terça pelo BC, afirma que "a conjuntura atual, caracterizada por um estágio do processo desinflacionário que tende a ser mais lento e por expectativas de inflação com reancoragem parcial, demanda serenidade e moderação na condução da política monetária", e avalia que tanto um corte de 0,25% quanto de 0,5% seriam "compatíveis com a convergência da inflação para a meta".


Azeite gaúcho conquista prêmio internacional

Produzido na Fazenda Serra dos Tapes, de Canguçu, Potenza Frutado venceu em primeiro lugar na categoria “Best International EVOO” do Guía ESAO

Mais Lidas





Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895