Trump diz que se México não cumprir acordo, ficará sujeito a tarifas
capa

Trump diz que se México não cumprir acordo, ficará sujeito a tarifas

Acerto entre os dois governos evitou imposição de taxas de 5% a todos os produtos mexicanos

Por
AE

Donald Trump relatou que México precisa cumprir acordo feito na última sexta-feira

publicidade

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou nesta segunda-feira que se o México não cumprir o acordo que fechou com Washington na semana passada, voltará a ficar sujeito a tarifação da Casa Branca. "Assinamos...outra parte muito importante do acordo de Imigração e Segurança com o México", comentou Trump em sua conta oficial no Twitter. 

 

Segundo Trump, o acordo será revelado "no futuro não muito distante" e precisará ser votado no Congresso mexicano. "Não esperamos que haja problemas com a votação, mas, se por qualquer motivo não vier a aprovação, as tarifas serão restabelecidas", alertou o presidente.

O acordo entre Washington e México, anunciado na última sexta-feira, evitou que os EUA impusessem tarifas de 5% a todos os produtos mexicanos a partir de hoje. O plano de Trump era elevar as tarifas gradualmente nos próximos meses, até o patamar de 25%.