Com prédio comprometido, escola de Venâncio Aires aplica ensino remoto

Com prédio comprometido, escola de Venâncio Aires aplica ensino remoto

Dois prédios já foram designados para o uso da escola, mas ambos apresentaram problemas na estrutura

Correio do Povo

publicidade

A Escola Estadual de Ensino Médio Mariante, no interior de Venâncio Aires, enfrenta dificuldades para manter o ensino. Com um dos prédios interditado, em junho, devido a problemas estruturais, as turmas foram reunidas no outro prédio da instituição. Porém, logo que a estrutura do novo local foi colocada em uso, a rede elétrica apresentou problemas, precisando interromper as atividades, afetando a comunidade.

O secretário municipal de Educação, Émerson Henrique, explica que a situação também afeta o ensino municipal, que tinha, junto ao prédio, duas turmas de Pré-Escola. Os 37 alunos de Pré-A e Pré-B da prefeitura foram realocados para a Escola Municipal de Ensino Fundamental Coronel Thomaz Pereira, com transporte garantido pela municipalidade. E os mais de 200 alunos da rede estadual agora mantêm estudos em suas casas, de maneira remota, enquanto aguardam uma solução.

Conforme a Secretaria Estadual da Educação, a reforma da rede elétrica está em fase de elaboração de projeto; alunos devem seguir estudos remotos; e será organizado horário especial presencial, em revezamento. Já a prefeitura disponibilizou três salas próximas, na Vila Mariante.




Pós-graduação, Cursos técnicos e Educação para sustentabilidade: Confira a agenda desta terça-feira

Abertas vagas gratuitas para mestrado, doutorado, cursos técnicos e livres

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895