Comprovante de vacinação não será exigido na volta às aulas presenciais no RS

Comprovante de vacinação não será exigido na volta às aulas presenciais no RS

Governo alega que educação não é uma atividade considerada de risco ao Covid-19

Correio do Povo

Governo do RS determina retorno presencial obrigatório a todas as redes de ensino

publicidade

A comprovação de vacinação contra a Covid-19 não será exigida para nenhum dos públicos na volta às aulas presenciais no Rio Grande do Sul. A determinação da retomada foi feita nesta quarta-feira pelo governo do Rio Grande do Sul, que comunicou que o cronograma para o retorno obrigatório e os detalhes serão anunciados nos próximos dias. 

A medida vale para estudantes da Educação Básica, que inclui educação infantil, ensino fundamental e ensino médio, de todas as redes de ensino do Estado. 

“As crianças e adolescentes não estão isolados em casa. Estão interagindo e participando da sociedade. Portanto, não adianta apenas restringir a interação deles na escola. A escola é onde muitos têm acesso à alimentação e onde o processo de aprendizagem é mais efetivo", ressaltou o governador Eduardo Leite. 

Veja Também


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895