MEC publica cronograma completo do Enem

MEC publica cronograma completo do Enem

As provas ocorrerão em dois domingos, nos dias 21 e 28 de novembro, e as inscrições custarão R$ 85

Correio do Povo

As inscrições começam no dia 30 de junho e seguem até 14 de julho

publicidade

O governo federal publicou no Diário Oficial da União desta quarta-feira o edital do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), confirmando que as versões impressa e digital serão aplicadas nas mesmas datas e terão as mesmas questões. As provas ocorrerão em dois domingos, nos dias 21 e 28 de novembro. As inscrições começam no dia 30 de junho e seguem até 14 de julho, pelo site. 

Esta edição do Exame terá valor de R$ 85, que poderá ser pago até 17 de julho. Aqueles com direito a não pagar a taxa – como estudantes da última série do ensino médio, em qualquer modalidade de ensino, em escola da rede pública e aqueles que cursaram todo o ensino médio em escola da rede pública ou foram bolsistas integrais na rede privada e têm renda familiar igual ou inferior a um salário mínimo e meio por pessoa – tiveram até a sexta-feira passada para pedir a isenção.

Nos dias de realização do exame, os portões de acesso aos locais de provas serão abertos às 12h e fechados às 13h. Nos dois dias, as provas começam às 13h30min, mas terminam em horários diferentes. No primeiro, o encerramento se dará às 19h; no segundo, às 18h30min.

No primeiro dia do exame, serão aplicadas as provas de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Redação e Ciências Humanas e suas Tecnologias. A aplicação terá 5 horas e 30 minutos de duração, contadas a partir da autorização do chefe de sala para o início das provas. O participante responderá às questões da prova de Língua Estrangeira (Inglês ou Espanhol) escolhida na inscrição.

No segundo dia, serão aplicadas as provas de Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias. A aplicação terá cinco horas de duração, contadas a partir da autorização do chefe de sala para o início das provas.

Medidas sanitárias

Por conta da pandemia, será obrigatório o uso de máscaras, mas não há recomendação quanto ao tipo – é proibida a entrada no local de prova sem o equipamento de proteção. Ele deve cobrir totalmente o nariz e a boca do participante, desde a sua chegada até sua saída. Será permitido que o participante leve máscara reserva para troca durante a aplicação.

Será dispensado o uso por pessoas com transtorno de espectro autista, deficiência intelectual, deficiências sensoriais ou com quaisquer outras deficiências que as impeçam de fazer o manejo adequado.

Treineiros

O participante "treineiro" estará submetido às mesmas regras que os demais participantes, exceto quanto à divulgação dos resultados, que, por serem para fins de autoavaliação de conhecimentos, serão divulgados 60 dias após a divulgação dos resultados. O Enem 2021 para adulto submetido a pena privativa de liberdade e adolescente sob medida socioeducativa, que inclua privação de liberdade (Enem PPL), terá Edital próprio, que será divulgado pelo Inep.

 

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895