Ufrgs fecha acordo por qualificação de mais de 380 mil agentes de saúde

Ufrgs fecha acordo por qualificação de mais de 380 mil agentes de saúde

Cursos serão realizados para assegurar a melhora de indicadores dos serviços de atenção primária

Correio do Povo

Ufrgs fecha acordo por qualificação de mais de 380 mil agentes de saúde

publicidade

A Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs) assinou na última quinta-feira a efetivação do início de projetos de qualificação para mais de 380 mil agentes de saúde através do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems). 

O projeto consiste na realização de dois cursos específicos destinados a 286 mil Agentes Comunitários de Saúde e 95 mil Agentes de Combate às Endemias que atuam em todo o Brasil. A ideia é melhorar os indicadores de saúde, a qualidade e a resolução dos serviços de atenção primária. Os cursos serão realizados em formato presencial – durante a jornada de trabalho, mediado por um preceptor – e também na modalidade de Ensino a Distância (EAD), mediado por um tutor. Os cursos oferecidos na modalidade EAD ocorrerão por meio de teleaulas, aliadas a atividades presenciais no espaço das unidades de saúde municipais e nos territórios onde os agentes atuam.

A maior parte dos recursos destina-se a realização dos cursos pelas cinco Unidades Acadêmicas diretamente envolvidas: Faculdade de Medicina, Escola de Enfermagem, Faculdade de Odontologia, Instituto de Psicologia e Faculdade de Farmácia, que executarão a parte técnica; valor de taxas destinados à Administração Central serão totalmente alocados no Centro de Processamento de Dados (CPD) da Universidade, sendo este o órgão de base tecnológica para esta realização. Com este investimento para atualização, o CPD  ampliará também as possibilidades de atendimento dos sistemas de apoio às atividades de ensino, pesquisa, extensão, administrativas, funcionais e de governança da UFRGS.

O reitor da Ufrgs, Carlos André Bulhões, comentou que o projeto é um resultado de um esforço coletivo. "Ressalto que esta é uma verba pública, que vem da União através do Ministério da Saúde. Este Termo de Execução Descentralizada, que hoje assinamos, teve sua busca ativa através do trabalho da Pró-Reitoria de Inovação e Relações Institucionais, a PROIR, que também articulou a formação da equipe inicial com as Unidades Acadêmicas e com o planejamento da Pró-Reitoria de Graduação”, disse. 


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895