Ação foca complemento de esquema vacinal de pessoas em situação de rua em Porto Alegre

Ação foca complemento de esquema vacinal de pessoas em situação de rua em Porto Alegre

Até o começo desta semana, 66,6% da população de rua tinha as duas doses ou dose única já aplicadas

Felipe Nabinger

Centro POP 1 vacinou 22 pessoas em situação de rua na manhã desta terça

publicidade

O Centro POP 1, na avenida João Pessoa, bairro Santana, vacinou 22 pessoas em situação de rua na manhã desta terça-feira (22). O local, que realiza em média cem atendimentos, oferecendo alimentação, espaços para banho e para lavar a roupa, já havia realizado, na última semana a vacinação de outras dez pessoas. A iniciativa é uma parceria da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e a Fundação de Assistência Social e Cidadania (Fasc). A meta é completar o esquema vacinal desta população, dando ênfase ainda à aplicação da dose de reforço do imunizante contra o novo coronavírus. 

Vivendo nas proximidades do terminal Azenha há três anos, Cléo Eraldo da Silva Rodrigues, 45, tomou a terceira dose. “É uma boa. Essa doença fez muita gente morrer”, diz, complementando que a imunização pode ajudá-lo a conseguir um emprego. Trabalhando na construção civil desde os 20 anos de idade, Rodrigues procura emprego como pedreiro. Segundo relata, das pessoas que vivem em situação de rua de seu convívio, a maioria já procurou tomar a vacina. “Quase todo mundo já tomou”, afirma.

Dados da prefeitura, através do vacinômetro corroboram a visão de Rodrigues. De uma população vacinável estimada em 1.947 pessoas em situação de rua, 96,2% tomou pelo menos a primeira dose do imunizante, com pico no unho do ano passado, quando foi iniciada a vacinação desta população, com abordagem social da Fasc, orientando sobre os locais de vacinação e horários. Na ocasião, três postos vacinaram exclusivamente pessoas em situação de rua durante uma semana e meia.

Atualmente, são organizadas pelo poder público municipal ações específicas, como a desta terça-feira, junto as três unidades Centro POP da Capital, focadas no complemento do esquema vacinal. Até o começo desta semana, 66,6% da população de rua tinha as duas doses ou dose única já aplicadas. Do total estimado, 15,2% havia recebido a dose de reforço. A SMS retomará a ação no início de março, ainda com data a ser definida, no Centro POP 3, na avenida França, no bairro Navegantes.


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895