Ano letivo do ensino fundamental tem início em Porto Alegre

Ano letivo do ensino fundamental tem início em Porto Alegre

Cerca de 40 mil estudantes deverão retomar as atividades presenciais

Correio do Povo

Estudantes retornam para as escolas hoje

publicidade

Começa nesta segunda-feira o ano letivo para os alunos das escolas de Ensino Fundamental da rede pública municipal de Porto Alegre. Cerca de 40 mil estudantes deverão retomar as atividades presenciais. A novidade serão os 1,6 mil alunos que iniciarão o ano de 2022 em cinco escolas de tempo integral, em diferentes regiões da Capital. É o início da implantação do Programa Mais Tempo na Escola. 

"A educação integral é uma política pública que precisamos atender, em função do plano nacional de educação. No nosso caso, a proposta é de um currículo integrado, para que possamos dar conta, não apenas dos componentes curriculares, mas também trazer toda a complementação dos temas transversais, que são trabalhados para a integralidade do aluno", explica a secretária de Educação, Janaina Audino.

A preparação das escolas foi iniciada desde os primeiros dias do ano, com a limpeza dos ambientes, feita por equipes que permaneceram trabalhando durante o recesso escolar. Além disso, as 56 EMEFs já receberam os alimentos que fazem parte do cardápio da alimentação escolar, inclusive com a previsão da refeição extra, destinada às cinco escolas municipais que passam a ser de turno integral. “Foram em torno de 27 toneladas de alimentos não perecíveis distribuídos para Escolas Municipais de Ensino Fundamental, ao longo da última semana”, explica Silvia Pauli, nutricionista da Smed. “A entrega de perecíveis é semanal, da mesma maneira que ocorre nas infantis, e será retomada a partir desta segunda-feira”, complementou.

As novas equipes de cozinha e de serviços gerais, contratadas a partir do processo seletivo dos trabalhadores temporários, começaram a se integrar às escolas a partir da última sexta-feira, 18, e estes devem completar o quadro até terça-feira, 22. Dos servidores da limpeza (Serviços Gerais), 263 já estarão em plena atividade. Na cozinha, entre auxiliares de cozinha e cozinheiros, 487 já terão assinado contrato e se apresentado às escolas. 

Também foi feita a renovação de 620 regimes especiais de trabalho, pagos entre janeiro e fevereiro e retroativos a contar de 1º de janeiro desse ano, além da concessão de 300 novos regimes, de acordo com as indicações apontadas pelas direções, nos fechamentos de quadro. Para completar o quadro de RH das escolas, foi feita a convocação de 284 professores contratados e que estão sendo nomeados desde o dia 03 deste mês. Também foram nomeados professores do Concurso das diversas Áreas do Conhecimento do Ensino Fundamental, com previsão de lotação a contar de março.

No início deste mês, a prefeitura ainda autorizou a nomeação de 135 monitores para suprir a necessidade do quadro de Recursos Humanos das unidades de ensino. Parte deles será destinada ao trabalho com alunos da Educação Especial. As EMEFs também receberam novas remessas de álcool em gel para utilização pelas equipes e estudantes.

Trânsito

A Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) montou uma operação para orientar, monitorar e educar pais e estudantes, ação que é realizada todos os anos e se chama Volta às Aulas. Além disso, a sinalização viária começou a ser qualificada no entorno das escolas para reduzir os riscos de acidentes.


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895