Após fim de doses, Salvador suspende vacinação contra Covid-19

Após fim de doses, Salvador suspende vacinação contra Covid-19

Capital baiana mantém apenas aplicação da segunda dose para quem havia tomado

R7

Capital baiana mantém apenas aplicação da segunda dose para quem havia tomado a primeira

publicidade

A prefeitura de Salvador anunciou na tarde desta terça-feira a suspensão da aplicação da 1ª dose da vacina contra Covid-19 porque toda a remessa já enviada pelo goveno federal se encerrou.  Apenas a 2ª dose continuará sendo aplicada pelos agentes municipais. "Aguardamos o recebimento de novas doses do governo federal para dar continuidade ao Plano de Vacinação", afirmou no Twitter nesta terça o secretário municipal de Saúde, Leo Prates. 

A cidade foi citada nesta terça pela Fente Nacional dos Prefeitos (FNP), que divulgou nota atribuindo a falta de doses de vacinas em diversas cidades do país a "sucessivos equívocos do governo federal na coordenação do enfrentamento à Covid-19 e na condução do Plano Nacional de Imunizações".

Veja Também

Em quase um mês de campanha, a capital baiana alcançou mais de 112 mil pessoas vacinadas contra a Covid-19. Conforme dados do Vacinômetro, 75% do público imunizado são trabalhadores de saúde, enquanto os demais 25%, idosos.

A cidade do Rio de Janeiro também interromperá a vacinação da população carioca nesta quarta-feira, segundo o prefeito da cidade Eduardo Paes (DEM), por falta de doses da Coronavac, imunizante produzido pelo Instituto Butantan conta o coronavírus. O anúncio foi feito em postagem nas redes sociais, nessa segunda-feira. 

Segundo Ministério da Saúde, a próxima entrega de novas doses de vacina contra a Covid-19 será da Coronavac, produzida pelo Instituto Butantan em parceria com o laboratório Sinovac, na próxima terça-feira. A previsão é de 4,8 milhões de doses que, após entregues à pasta, serão distribuídas aos estados e Distrito Federal. 
 

 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895