Brasil passa das 93,5 mil mortes por coronavírus em cinco meses de pandemia

Brasil passa das 93,5 mil mortes por coronavírus em cinco meses de pandemia

No Rio Grande do Sul, o coronavírus já provocou quase 2 mil mortes

Por
Correio do Povo

País teve acréscimo de 1.088 mortes neste sábado


publicidade

Cinco meses após o início da pandemia, com o primeiro caso de coronavírus registrado em 26 de fevereiro em São Paulo, o Brasil ultrapassou neste sábado a marca de 93,5 mil vítimas fatais pela doença. Nas últimas 24 horas, o Ministério da Saúde contabilizou 1.088 novas mortes no país. O número diário de óbitos é o menor registrado desde sexta-feira, quando o balanço nacional notificou o acréscimo de 1.595 mortes.

O boletim ainda apontou a inserção de 45.392 novos infectados em solo brasileiro, totalizando mais de 2,7 milhões de casos confirmados nos 26 estados e Distrito Federal.

Do contingente total, segundo a pasta, 1.865.729 pessoas já estão recuperadas e 748.585 em acompanhamento — casos notificados nos últimos 14 dias e que não evoluíram para morte. São Paulo segue sendo o estado mais afetado pela pandemia do novo coronavírus, registrando 23.236 vítimas e 552.318 infectados.


Em território gaúcho, o coronavírus já se espalhou por 94% das cidades do Rio Grande do Sul, totalizando 1.947 mortes pelo Covid-19, de acordo com o boletim da Secretaria Estadual de Saúde. Só neste sábado, o Estado registrou 71 novas mortes, incluindo uma criança de três anos que veio a óbito na cidade de Canoas.