Carrefour lança editais para estimular equidade racial nas cinco regiões do Brasil

Carrefour lança editais para estimular equidade racial nas cinco regiões do Brasil

Ações fazem parte do compromisso do grupo após a morte de João Alberto em uma loja da rede em Porto Alegre

Correio do Povo

Carrefour lança editais para estimular equidade racial nas cinco regiões do Brasil

publicidade

Após chegar a um acordo com os familiares de João Alberto, agredido e morto de forma brutal na saída de uma das lojas da rede em Porto Alegre, o Carrefour deu início nessa terça-feira ao primeiro ciclo de ações que estimulam a equidade racial. Ao lançar editais, a ideia do grupo é fortalecer instituições, fomentar o empreendedorismo negro e combater o racismo. 

Os editais lançados pelo Carrefour têm a intenção de beneficiar cerca de 40 organizações e coletivos das cinco regiões do Brasil. Outras temáticas envolvidas são a educação e a empregabilidade, ambas voltadas para a população negra. O total dos investimentos neste primeiro ciclo chega a R$ 2 milhões. Os recursos serão aplicados durante um ano, com possibilidade de extensão do projeto.

A série de ações do Carrefour fazem parte do compromisso firmado após a morte de João Alberto. “Com a participação da sociedade, temos aprendido valiosas lições sobre a questão do racismo no Brasil, seus reflexos e suas consequências”, explica Lucio Vicente, diretor de Sustentabilidade do Grupo Carrefour Brasil.

Veja Também

Editais 

Um dos editais propostos pelo Carrefour irá investir em projetos e ações de coletivos ou de organizações da sociedade civil voltadas para o combate do racismo e da discriminação. Dez organizações serão selecionadas e receberão, cada uma, R$ 30 mil para desenvolver durante 12 meses campanhas de conscientização, criação de conteúdo antirracista e iniciativas de cunho antirracista, além de propostas para a valorização da identidade e da cultura negra. O investimento total nesse edital é de R$ 300 mil.

Em outra frente, o Carrefour investirá no fortalecimento de grupos que trabalham com a questão racial e que já desenvolvem atividades ligadas ao assunto. O investimento total será de R$ 975 mil em 12 meses — podendo se estender por igual período. Quinze organizações serão selecionadas e receberão, cada uma, R$ 65 mil. Os recursos podem ser direcionados ao aprimoramento da estratégia, métodos e processos de gestão, às atividades de comunicação e divulgação institucional e às despesas regulares de funcionamento da organização. 

O terceiro edital lançado pelo grupo mira o protagonismo de empreendedores negros. A partir disso, o Carrefour irá apoiar coletivos, aceleradora, incubadoras e instituições sem fins lucrativos que atuem na expansão de negócios liderados por negros. Quinze organizações serão selecionadas e, cada uma, receberá o investimento R$ 50 mil. As verbas serão usadas para investir em atividades de capacitação, formação e mentoria de pequenos e microempreendedores negros. O valor também pode ser usado para estruturar serviço de consultoria e para facilitar a distribuição de tecnologias, ferramentas e processos. 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895