Comércio vai redobrar cuidados com protocolos de segurança, garantem CDL e Sindilojas

Comércio vai redobrar cuidados com protocolos de segurança, garantem CDL e Sindilojas

Entidades consideraram que o decreto de Sebastião Melo foi uma medida acertada

Cláudio Isaías

Comércio vai redobrar cuidados com protocolos de segurança, garantem CDL e Sindilojas

publicidade

Os cuidados com relação ao cumprimento dos protocolos de segurança serão redobrados no comércio de Porto Alegre. A garantia é do Sindilojas Porto Alegre e da Câmara de Dirigentes Lojistas de Porto Alegre (CDL/POA). As duas entidades manifestaram apoio as medidas anunciadas pelo prefeito Sebastião Melo que permitiu a flexibilização das atividades no varejo. Porto Alegre adotou as regras da bandeira laranja do Sistema Estadual de Distanciamento Controlado. 

A aprovação flexibiliza atividades econômicas, mas endurece os protocolos sanitários e reforça a fiscalização. O presidente do Sindilojas Porto Alegre, Paulo Kruse, disse que sempre defendeu o funcionamento do comércio porque são locais extremamente seguros. "A medida tomada pelo prefeito Melo foi acertada porque ele ouviu as nossas reivindicações", ressaltou. Kruse afirmou que os lojistas vão seguir cobrando o uso da máscara, o distanciamento social dentro da lojas, a verificação da temperatura corporal e o oferecimento do álcool em gel aos clientes. "A economia precisa funcionar e quem sabe consigamos com todos os cuidados determinados pelo protocolo diminuir as ocupações nos leitos hospitalares", acrescentou. 

Veja Também

O presidente do CDL/POA, Irio Piva, explicou que o prefeito foi coerente com a promessa da campanha eleitoral de trabalhar protocolos de segurança mais rígidos. "A saúde é importante assim como a economia. Não podemos mais prescindir da economia. Ela precisa funcionar", ressaltou. Piva destacou que os lojistas vão redobrar os cuidados nas lojas até porque o vírus da Covid-19 segue por ai. "Vamos ajudar através de campanhas de conscientização da população para que mantenha os cuidados", acrescentou. 

O movimento no comércio de rua, centros comerciais e shoppings de Porto Alegre segue intenso. Na manhã desta segunda-feira, tanto na rua dos Andradas quanto na Doutor Flores, o público seguia conferindo as promoções e queima de estoques feitas pelas lojas. As grandes redes continuam a ser os locais preferidos dos consumidores. O ponto positivo é que as pessoas que estavam no Centro Histórico circulavam pela região usando máscara. Além disso, existe um respeito às marcações de distância, que varia entre um e dois metros dentro dos estabelecimentos. 

Horário estendido 

O prefeito Sebastião Melo afirmou que não é o comércio regular que vai propagar mais a Covid-19. "Estamos convencidos de que, quanto mais horários estendidos, menos pessoas teremos nos locais. Os nossos protocolos foram construídos de forma muito rigorosa, e essa parceria com os empresários dará muito certo”, explicou.

O prefeito reforça que a Guarda Municipal vai agir nos casos de aglomerações na cidade. “Precisamos ter firmeza para recuperar a economia, e as pessoas têm que ter consciência de que não pode haver aglomeração”, ressaltou. Já o secretário municipal extraordinário de Enfrentamento da Covid-19, Renato Ramalho, explicou o plano de cogestão entre seis municípios (Porto Alegre, Viamão, Gravataí, Cachoerinha, Glorinha e Alvorada) acompanha todas as análises e dados epidemiológicos da Capital e intensifica novos protocolos para evitar aglomerações e assegurar distanciamento interpessoal e normas de higienização.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895