Conselho Municipal do Plano Diretor aprova projeto Cais Mauá

Conselho Municipal do Plano Diretor aprova projeto Cais Mauá

Texto segue para homologação do prefeito José Fortunati

Jessica Hübler

Revitalização do Cais Mauá vai acontecer em três etapas

publicidade

O Estudo de Viabilidade Urbanística do projeto de empreendimento do Cais Mauá foi aprovado pela maioria do Conselho Municipal do Plano Diretor, em reunião realizada na Secretaria Municipal de Obras e Viação (Smurb). Foram 20 votos favoráveis, três contrários e uma abstenção. Agora o texto segue para homologação do prefeito José Fortunati.

De acordo com o secretário do Gabinete de Desenvolvimento e Assuntos Especiais (Gades), Edemar Tutikian, o plano é que o Cais Mauá do Brasil, vencedor da licitação, tenha a Licença de Instalação (LI) em mãos até o final deste ano. “Todos os armazéns serão restaurados, as redes de água, esgoto e energia elétrica serão renovadas. É um belo trabalho, vai ficar muito bom”, destacou Tutikian.

Os prédios passarão a ter bares, restaurantes, lojas, estabelecimentos culturais e prédios comerciais. Sobre a entrega da obra, o secretário Edemar Tutikian disse que ainda é muito cedo para marcar uma data: “É muito difícil dizer quando ficará pronto, mas quando os projetos forem entregues e examinados pela prefeitura, a LI já estará em mãos para que a obra tenha início”, relatou Tutikian. Após a LI, se tudo ocorrer dentro do esperado pelo secretário Tutikian, quem dará os próximos passos será o prefeito eleito Nelson Marchezan Jr., que assume em 1º de janeiro.

Projeto prevê torres e shopping

A revitalização do Cais Mauá vai acontecer em três etapas. Na primeira, está prevista a restauração dos armazéns do Cais, uma área de 37 mil metros quadrados. A segunda fase é a construção de três torres, de 100 metros de altura, 90 metros e 50 metros, na área das docas. A terceira e última etapa é o shopping de 75 mil metros quadrados ao lado da Usina do Gasômetro.

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895