Controlado vazamento de gás em canteiro de obras em Porto Alegre

Controlado vazamento de gás em canteiro de obras em Porto Alegre

Tubulação perfurada acidentalmente gerou transtornos no trânsito na região da avenida Praia de Belas

Correio do Povo

Bloqueio ocorreu entre as ruas Barbedo e Comendador Rodolfo Gomes

publicidade

O Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Sul (CBMRS), Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), Brigada Militar (BM) e Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam), além da empresa Sulgás, foram mobilizados por volta do meio-dia desta quarta-feira para atender a ocorrência de um vazamento de gás natural em Porto Alegre. O acidente ocorreu no interior de um canteiro de obras de um prédio residencial na avenida Praia de Belas, ao lado do Grêmio Náutico Gaúcho, no bairro Menino Deus. A tubulação da Sulgás foi perfurada acidentalmente no local.

Por medida de segurança, o trânsito foi bloqueado totalmente no trecho da avenida Praia de Belas, entre as ruas Barbedo e Comendador Rodolfo Gomes, no sentido bairro-centro. Agentes da EPTC desviaram o tráfego para as adjacências. Moradores de prédio no entorno foram orientados a manterem janelas fechadas.

Acionada, uma equipe da Sulgás foi para o local para interromper o vazamento e consertar a tubulação, o que ocorreu por cerca das 13h. O efetivo do 1º Batalhão de Bombeiros Militar compareceu no local. Policiais militares do 1º BPM prestaram apoio no entorno da área isolada. Uma Equipe de Emergência da Fepam está avaliando a situação.  

NOTA OFICIAL

Em nota oficial divulgada no início da tarde desta quarta-feira, a Sulgás confirmou que controlou “o vazamento de gás natural oriundo do rompimento da rede da companhia, ocasionado por uma obra de uma construtora na avenida Praia de Belas”. Após a identificação da ocorrência, a empresa acionou o Plano de Ação de Emergências, encaminhando “uma equipe ao local que controlou o vazamento e está efetuando a recomposição de parte do duto afetado”.

A Sulgás esclareceu ainda que “o gás natural é mais leve que o ar e, por essa característica, ele se dissipa rapidamente, não havendo acúmulo de gás, reduzindo o risco de acidentes”. Segundo a empresa, “a presença da rede de gás natural canalizado está identificada por placas e tachões junto às vias públicas”.

A companhia lembrou que “monitora permanentemente as redes, mas recomenda que os empreendedores e a comunidade, antes de iniciar as escavações nessas áreas, entrem em contato com a Sulgás, para que possam ser feitos a orientação e o acompanhamento necessários”. A ligação, gratuita e operando nas 24 horas por dia, pode ser feita através do telefone 0800-54-19700.

 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895