Fepam orienta empresas que enviavam efluentes para Cettraliq a apresentarem nova proposta

Fepam orienta empresas que enviavam efluentes para Cettraliq a apresentarem nova proposta

Fundação ressaltou que organizações são responsáveis pelo tratamento adequado dos resíduos gerados

Correio do Povo

Fepam orienta empresas que enviavam efluentes para Cettraliq a apresentarem nova proposta

publicidade

A Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) anunciou, nesta quinta-feira, que as empresas licenciadas que tiveram vinculos em sua licença de operação no envio de seus efluentes com a Cettraliq, deverão apresentar uma nova proposta de destinação e/ou tratamento de resíduos. O prazo é de no máximo 15 anos.

Medida acontece após a suspensão das atividades com a Cettraliq, devido ao excesso de emissão de odores na água na região do bairro Navegantes, na zona Norte de Porto Alegre. A Cettraliq já havia entrado na mira da Prefeitura e do Ministério Público por suspeita de despejo irregular de substâncias no Guaíba, mas nenhum exame técnico confirmou qualquer origem do problema até agora. A Prefeitura revelou que a empresa atua sem alvará de licenciamento desde 2004.

A Fepam ressalta ainda que as empresas são responsáveis pelo tratamento e/ou destinação adequada dos efluentes gerados nos empreendimentos, devendo procurar as alternativas técnicas viáveis que estejam de acordo com a legislação ambiental vigente.

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895