Fiocruz deve entregar hoje mais 5,1 milhões de doses da AstraZeneca

Fiocruz deve entregar hoje mais 5,1 milhões de doses da AstraZeneca

Com a nova remessa, a fundação vai ultrapassar a marca de 50 milhões de vacinas ofertadas ao PNI, do Ministério da Saúde

R7

Para o segundo semestre, a estimativa de entrega de vacinas foi reduzida em 10 milhões de doses

publicidade

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) deve entregar nesta sexta-feira mais 5,1 milhões de doses da vacina Oxford/AstraZeneca contra a Covid-19. Ao todo, estão previstas 100,4 milhões de doses na primeira fase de produção, até o fim de junho, disponibilizadas ao PNI (Plano Nacional de Imunização), do Ministério da Saúde.

Com a nova remessa, a fundação vai ultrapassar a marca de 50 milhões de vacinas ofertadas,  contando também com 4 milhões de imunizantes importados prontos do Instituto Serum, da Índia.

A instituição teve a produção interropida por cinco dias no final de maio em decorrência da falta de insumos importados da China. Mas ainda tem outras 6,5 milhões de doses em diferentes estágios de controle de qualidade.

Também segue com o processamento final de mais cerca de 12 milhões de doses, referentes ao carregamento de IFA (ingrediente farmacêutico ativo) recebido no dia 22 de maio. Com isso, já estão garantidos mais 18,5 milhões de doses, que sustentarão entregas semanais de 27 de junho a 3 de julho.

Para o segundo semestre, a estimativa de entrega de vacinas foi reduzida em 10 milhões de doses, passando de 110 milhões para 100 milhões, por causa da demora do fornecimento do imunizante.

Mas nesta semana a fundação assinou junto ao governo federal o ontrato de transferência de tecnologia com a AstraZeneca para a produção de vacina contra a covid-19 totalmente fabricada no país. O contrato formaliza processo já iniciado de compartilhamento de inovações pela AstraZeneca em consórcio com a Universidade de Oxford com a Fiocruz.

 

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895