Governo de São Paulo anuncia antecipação da 2ª dose da Pfizer para 21 dias

Governo de São Paulo anuncia antecipação da 2ª dose da Pfizer para 21 dias

Medida, que valerá para a população acima de 18 anos, deve antecipar doses de 2 milhões de pessoas no estado

R7

Nova estratégia do governo começará a valer a partir desta terça-feira

publicidade

O governador de São Paulo, João Doria, anunciou nesta segunda-feira em suas redes sociais que o intervalo de aplicação da vacina da Pfizer contra Covid-19 passará de dois meses para 21 dias no estado. A medida valerá para a população com mais de 18 anos e deve antecipar a dose de cerca de 2 milhões de pessoas. 

A nova estratégia do governo começará a valer a partir desta terça-feira em todos os municípios do estado. O prazo recomendado pelo Ministério da Saúde, porém, é de oito semanas entre a primeira e a segunda dose da vacina. O intervalo anterior também veio de uma antecipação, já que o imunizante começou a ser aplicado no Brasil com prazo de três meses entre as doses. 

A vacinação para os adolescentes seguirá com o intervalo de 8 semanas. O governo estudará antecipar para este público a partir da disponibilização de mais doses da Pfizer pelo Ministério da Saúde.

O estado de São Paulo já aplicou 68.640.893 doses das vacinas até agora. A campanha imunizou 99,67% da população adulta com a primeira dose e 83,36% está com o esquema vacinal completo. 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895