Grande movimento leva Rodoviária a colocar 180 ônibus extras em Porto Alegre

Grande movimento leva Rodoviária a colocar 180 ônibus extras em Porto Alegre

Principal destino dos passageiros foi o Litoral Norte

Por
Cláudio Isaías

Saída da Rodoviária de Porto Alegre foi movimentada na manhã deste sábado


publicidade

A Estação Rodoviária de Porto Alegre registrou movimento intenso de passageiros na manhã de sábado, em função da saída para o feriadão de Carnaval. O principal destino foi o Litoral Norte, mas a procura foi grande pelos ônibus que levaram para o interior do Estado. Além dos ônibus que diariamente saem da Capital em mais 500 horários, foram colocados 180 coletivos extras para atender a demanda durante o feriado.

Aproveitando a movimentação de passageiros, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizou ações nas rodoviárias de Porto Alegre, de Caxias do Sul, de Lajeado, de Santa Maria e de Pelotas. Os policiais rodoviários realizaram a atividade para alertar os passageiros e motoristas de ônibus quanto à segurança nas rodovias gaúchas. Em 2018, morreram 411 pessoas em acidentes envolvendo ônibus. Já em 2019, até outubro, 311 pessoas perderam a vida. Foram realizados testes de etilômetro nos motoristas e realizadas orientações aos passageiros.

O chefe do Grupo de Educação para o Trânsito da PRF, Alessandro Castro, disse que a iniciativa quis mostrar a importância do uso de cinto segurança nos ônibus por todos os passageiros. Segundo ele, nos últimos dez anos cerca de 1.400 pessoas morreram no Brasil durante o Carnaval, algumas em acidentes de ônibus. "Conversamos com os passageiros sobre a importância de utilizar o cinto nas viagens.


A Operação Carnaval 2020 da PRF que começou na sexta-feira, dia 21, pretende fiscalizar 66 mil quilômetros de rodovias federais em todo o país. A fiscalização vai até a Quarta-feira de Cinzas, dia 26, com reforço no número de viaturas e de agentes em ação, além de equipamentos eletrônicos, para reduzir o número de acidentes de trânsito. Tanto a  PRF quanto o Comando Rodoviário da Brigada Militar informaram que estão atentos principalmente nas infrações com maior potencial de causar acidentes, como embriaguez ao volante e ultrapassagens indevidas.