Guarda Municipal e BM não registram aglomerações neste domingo

Guarda Municipal e BM não registram aglomerações neste domingo

Apesar de público no lado de fora de bares, derrota do Inter esvaziou estabelecimentos

Felipe Samuel

Autoridades monitoravam possíveis aglomerações em caso de vitória do Inter

publicidade

A Guarda Municipal e a Brigada Militar acompanharam a movimentação em bares de regiões tradicionais de Porto Alegre, como a Cidade Baixa – cujos estabelecimentos receberam boa presença de público – e o Moinhos de Vento, onde houve pouco movimento durante a partida entre Inter e Flamengo

Apesar da maior concentração de clientes na Cidade Baixa, a Guarda Municipal não registrou nenhuma ocorrência sobre aglomerações até o início da noite. A expectativa era de que uma vitória do time gaúcho pudesse levar milhares de torcedores para as ruas, mas a derrota para o Flamengo dispersou os torcedores logo após o jogo.
   
Antes da partida, centenas de colorados vestidos com a camiseta do clube circulavam  pelo Beira-Rio, onde paravam para tirar fotos em frente ao estádio. Muitos ambulantes vendiam bandeiras e souvenires na avenida Padre Cacique. Na Cidade Baixa, a maioria dos bares abertos tinha a presença de torcedores do lado de fora. A medida visa evitar ocupação superior a 50%, conforme determina decreto da Prefeitura. Em alguns, no entanto, a presença de clientes parecia ser superior à metade da capacidade do estabelecimento. 

Sem poder ingressar nos bares, torcedores se aglomeravam na calçada. Muitos sem utilizar máscara de proteção. Pelo menos cinco policiais militares faziam o policiamento na Rua da República e na Lima e Silva. No Moinhos de Vento, a movimentação de torcedores era tímida, com algumas pessoas sentadas em um bar da rua Hilário Ribeiro. Nos arredores, como na Padre Chagas, sobravam vagas para estacionamento na área azul, local normalmente concorrido nos finais de semana. 

Conforme o comandante Guarda Municipal, Marcelo Nascimento, durante o dia equipes monitoravam a movimentação de torcedores: “Não registramos grandes aglomerações durante o dia, seja na Cidade Baixa, em parques ou praças. Esperávamos que pudessem ocorrer (aglomerações) se o Inter ganhasse”, destaca.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895