Leite admite que já pode haver contágio local de Covid-19 no Rio Grande do Sul
capa

Leite admite que já pode haver contágio local de Covid-19 no Rio Grande do Sul

Governador entregou projetos de lei de combate à propagação do novo coronavírus

Por
Correio do Povo

Leite esteve no Plenarinho acompanhado da secretária Arita Bergmann


publicidade

Durante a coletiva em que comentou as novas medidas de combate à propagação do novo coronavírus no Rio Grande do Sul, o governador Eduardo Leite afirmou que o contágio local (comunitário) já estaria ocorrendo em solo gaúcho. O comentário explica, segundo ele, a existência de um "delay" entre o diagnóstico e a informação oficial. "Por isso que no Estado, mesm com informação de apenas casos importados, provavelmente já esteja ocorrendo o contágio local (comunitário)", disse nesta terça-feira no Plenarinho da Assembleia Legislativa. 

Ao citar a demora na oficialização dos casos, Leite comentou que a quantidade de episódios no Rio Grande do Sul pode ser maior do que o número já contabilizado. Ele explicou há um atraso por conta do tempo de surgimento dos sintomas, da realização dos exames até o momento da confirmação.   

Apesar da declaração do governador, não há ainda relatos de transmissão comunitária em Porto Alegre e no Rio Grande do Sul, segundo informações das secretarias Municipal e Estadual de Saúde. 

Hoje, o governador entregou dois projetos de lei para combater a Covid-19. Um deles está relacionado à contratação emergencial na área da saúde e outro diz respeito à destinação de recursos de emendas parlamentares no valor de R$ 13 milhões para o combate da doença.  


De acordo com Leite, os projetos buscam reforçar a estrutura de saúde. São novos leitos e mais profissionais num cenário de maior demanda. O acerto entre o Legislativo e o Executivo é para que os projetos possam tramitar de maneira mais rápida, já que a votação está agendada para esta quinta-feira.