Mortes por Covid-19 aceleram no mês de julho em Porto Alegre

Mortes por Covid-19 aceleram no mês de julho em Porto Alegre

Nos sete primeiros dias do mês, 40 pessoas perderam a vida pelo novo coronavírus na Capital

Correio do Povo

Mesmo pressionado, o sistema de Saúde de Porto Alegre registra 84,8% de taxa de ocupação

publicidade

Com 40 mortes em sete dias, o mês de julho já é tão letal quanto os primeiros 70 dias da Covid-19 em Porto Alegre, indicam dados da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). Segundo a pasta, a Capital registra 137 mortes pelo coronavírus desde o começo da pandemia, no entanto, 29% do total de óbitos correspondem a fatalidades notificadas na última semana.

Tendo reportado a primeira morte no dia 24 de março, Porto Alegre precisou de 2 meses e uma semana para superar a marca de 40 vítimas fatais, no dia 1° de junho. Agora, em julho, a Capital reproduziu o mesmo número em tempo 10 vezes inferior e saltou de 97 óbitos no dia 1° para 137 nesta terça-feira, dia 7.

Além do avanço registrado na última semana, há 17 dias seguidos a cidade registra pelo menos um óbito pelo coronavírus, sequência inédita desde o começo da pandemia.

Embora mais pressionado pelo novo panorama da doença na cidade, o sistema de Saúde de Porto Alegre ainda possui leitos e registra 84,8% de taxa de ocupação, com 181 infectados e outros 51 suspeitos da doença internados em leitos de Unidades de Tratamento Intensivo (UTI).

A aceleração da doença na Capital levou o prefeito Nelson Marchezan Júnior (PSDB) a intensificar restrições e incentivar o isolamento social na cidade. Desde a última segunda-feira, Porto Alegre está sob novo decreto que prevê uma série de novas determinaçõescomo o fechamento por 15 dias de salões de beleza, academias e do Mercado Público, além da interdição de parques, como a Orla do Guaíba.

Nesta terça-feira, segundo dados da SMS, Porto Alegre registra 4.140 casos confirmados da doença e 2.381 recuperados.

Avanço de óbitos pela Covid-19 em Porto Alegre:

1° morte: 25 de março

40° morte: 1° de junho

100° morte: 2 de julho

137° morte: 7 de julho


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895