Movimento se intensifica no comércio de Porto Alegre

Movimento se intensifica no comércio de Porto Alegre

Tanto nas lojas como nos transportes coletivos as regras do decreto da prefeitura têm sido cumpridas

Cláudio Isaías

Lojistas e clientes tem cumprido as regras propostas no decreto que permite a reabertura do comércio em Porto Alegre

publicidade

A presença de clientes no comércio das avenidas Salgado Filho, no Centro Histórico, na Azenha, e na Assis Brasil, na zona Norte de Porto Alegre, se intensificou nos últimos dias por conta dos decretos municipais que permitiram o acesso dos consumidores aos estabelecimentos desde que obedecidas as regras de segurança. O ponto positivo é que o público e os comerciantes têm respeitado as regras de segurança estabelecidas pela prefeitura como o uso de máscara.

No transporte coletivo, ônibus, lotações, táxis e aplicativos a regra tem sido obedecida com a utilização do Equipamento de Proteção Individual (EPI) e até, em alguns casos, do face shield (protesto facial). Tanto nos estabelecimentos comerciais da Assis Brasil, quanto nos localizados na Azenha e na Salgado Filho, os clientes respeitam as regras e só acessam as lojas utilizando a máscara de proteção facial. Além disso, existe o respeito às marcações da distância de um a dois metros colocadas nas calçadas das lojas, bancos, lotéricas e farmácias. Na manhã desta segunda-feira, bancos, lotéricas e supermercados nas zonas Leste, Norte e Centro eram os locais de maior movimentação e filas de clientes.

Tanto nos bairros quanto nos terminais de ônibus, agentes da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), em parceria com a Guarda Municipal, realizam ações educativas para alertar sobre medidas para impedir a pandemia da Covid-19. As equipes orientam sobre o uso da máscara, a distância na fila na hora do embarque, da importância de realizar a higienização antes de entrar e depois de sair dos ônibus.

Veja Também

Segundo a ATP, desde o início da pandemia, as empresas passaram a adotar medidas mais rigorosas de higienização. Equipes realizam a limpeza interna nos ônibus durante o intervalo das viagens. Além disso, os coletivos circulam com janelas abertas.

Na avenida Assis Brasil, uma das principais vias de circulação e de comércio da Capital, os serviços mais procurados na região são os das agências bancárias e lotéricas, supermercados e minimercados. Nas filas, os clientes são orientados por funcionários que informam sobre o uso da máscara e de usar o álcool em gel.

O decreto da prefeitura estabeleceu regras para o funcionamento das lojas de rua, shoppings center e centros comerciais. Os estabelecimentos devem funcionar com equipes reduzidas e com restrição ao número de clientes concomitantemente, como forma de controle da aglomeração de pessoas. A lotação não poderá exceder a 50% da capacidade máxima prevista no alvará de funcionamento ou de proteção e prevenção contra incêndio.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895